Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2015

576 - Depois de algum tempo aprendes a diferença

Meu muito amado filho Estêvão

"Depois de algum tempo aprendes a diferença, a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E aprendes que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança. E começas a aprender que beijos não são contratos e presentes não são promessas. Acabas por aceitar as derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. E aprendes a construir todas as tuas estradas de hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de algum tempo aprendes que o sol queima se te expuseres a ele por muito tempo. Aprendes que não importa o quanto tu te importas, simplesmente porque algumas pessoas não se importam. E aceitas que apesar da bondade que reside numa pessoa, ela poderá ferir-te de vez em quando e precisas perdoá-la por isso. Aprendes que falar pode aliviar dores emocionais. Descobres que se leva anos par…

575 - Reputação

Meu muito amado filho Estêvão

Reputação (do latimreputatione) é a opinião (ou, mais tecnicamente, uma avaliação social) do público em relação a uma pessoa, um grupo de pessoas ou uma organização. Constitui-se num importante fator em muitos campos, tais como negócios, comunidades online ou status social.

Uma reputação demora anos a construir e minutos a ser destruida. Seja de uma pessoa ou de uma empresa.
Aquela empresa sempre usou a melhor agua do mundo para fazer o seu refrigerante um dia alguem fica doente por causa dessa água ... nunca mais vai vender igual. A reputação cai por terra.
Assim é com as pessoas, há em Portugal um ditado que diz "à mulher de César não basta ser séria tem de parecer séria"... é assim mesmo há que ser e tambem parecer.
Um profissional pode demorar anos a construir uma reputação de trabalhador, sério, honesto, competente e um dia por uma mentira todos os anos desse caminho de trabalho, desse tempo todo a construir uma reputação caem por terra.

Somos pe…

574 - Padrinhos e assumir as responsabilidades

Meu muito amado filho Estêvão

Hoje quero lembrar aqui o teu baptizado, o dia em que te tornaste membros da igreja de Cristo, um de nós.
Estava um dia lindo, quente e com sol e tiveste dois padrinhos a tua madinha Claudia Sampaio e o teu padrinho Alipio Araujo, são os teus padrinhos de baptismo. E que maravilhoso isso é.
No dia do teu baptizado foram lidos vários textos mas há um hoje que aqui contigo quero partilhar e que contigo quero lembrar.... leio muitas vezes quando não sei o que fazer, quando estou perdida no caminho a seguir e então lembro-me que ser mãe é ser sem mapa e ganho novo animo, porque sei qua jamais estarei sozinha... tenho Deus comigo.

"Vossos filhos não são vossos filhos. 
São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma. 
Vêm através de vós, mas não de vós. 
E embora vivam convosco, não vos pertencem. 
Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos, 
Porque eles têm seus próprios pensamentos. 
Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas; 
Pois…

573 - Umas coisas e outras

Meu muito amado filho Estêvão




Amo-te demais!

Tua mãe

572 - Ainda bem que existe outro dia, e outros sonhos, e outros risos, e outras pessoas, e outras coisas

Meu muito amado filho Estêvão

«...por isso não proteles e não tenhas medo do que a vida vai preparando para ti. cozinha as tuas escolhas em consciência e com o coração e permite-te a aceitar que o inesperado às vezes sabe melhor que o planeado. e embora muitas receitas tenham os ingredientes certos, muitas vezes há que mudar os temperos e tentar de novo para tentar melhor. acima de tudo acredita em Ti, mantém aberto o teu coração e nunca te esqueças de agradecer pelo que tens de mais querido e sagrado na tua Vida.»

Acredita em ti .... sempre e para sempre. Dentro de ti, da tua alma, do teu coração tens toda a energia do universo toda a força de Deus. És pó de estrelas.
Amo-te infinitamente
Tua mãe


571 - Coisas que acumulamos na vida

Meu muito amado filho Estêvão


"Acumulamos demasiadas coisas durante a vida. Acumulamos papéis em cima da secretária, acumulamos lixo no carro, acumulamos roupa e calçado que já não usamos, acumulamos comida no frigorifico, acumulamos discussões e arrependimentos do passado, acumulamos tristezas que já não fazem sentido, acumulamos ferramentas e conhecimento que não utilizamos, acumulamos pessoas tóxicas à nossa volta. Está na hora de limpar. Limpar por fora e por dentro. Limpar verdadeiramente. Limpar para ter clareza. Limpar para acumular o que verdadeiramente interessa. Acumular beijos de ternura e paixão, acumular abraços sentidos de união, acumular momentos de diversão e celebração, acumular levantamentos do chão, acumular força e coragem até mais não, acumular horas, semanas, meses e anos de foco e dedicação, acumular lágrimas de gratidão, acumular tudo o que verdadeiramente importa e que aí tens dentro: a tua inspiração."

By: Mário Caetano


Amo-te muito

Tua mãe

570 - Sobre força de vontade

Meu muito amado filho Estêvão

Força não só só músculos. Força é tambem coragem. É vontade de ser mais, de fazer mais, de crescer, de ser diferente.

Vou-te contar uma história que demonsta a tua força de vontade.
A tua fralda de durante o dia saiu há muito muito muito tempo. Mas a tua fralda de durante a noite teimava em não sair. Sem nenhum problema. Mas um outro dia chegou a hora de dormir e eu disse-te que tinhamos de colocar a fralda e tu olhas-te para mim e disseste: "Nunca mais. Nunca mais me ponhas fralda nenhuma. Acabou-se esse tempo, agora a minha vida é outra."
Eu ainda disse que talvez só nessa noite .... insististe que não. E acabou-se mesmo. Até hoje nunca mais.
Foi quando disseste, quando foi o teu tempo.

Força de vontade é isto. É crescer é ultrapassar-se é ser melhor sempre.

Amo-te demais


Tua mãe

569 - Serenidade

Meu muito amado filho Estêvão

Dizem os sábios que os bébes antes de nascer escolhem os pais que vão ter .... os pais que precisam para a sua vivência e aprendizagem.
Será assim mesmo?
Não sei.
Mas acho que as mães escolhem os filhos que têm. Isso eu tenho como quase certo.
A alegria que tens na vida.
A serenidade com que me agarras a mão e me dizes: .... vai tudo correr bem mamã!
A inteligencia com que me dás a mão e me segredas.... "vais conseguir resolver tudo mãe vais ver!"

Já te disse aqui várias vezes e repito sempre .... vou fazer muitos erros na vida muitos mas sempre sempre sempre por um amor imenso que sinto no meu coração, um amor que me faz secar as lagrimas e seguir em frente que me faz ter força na alma e nas pernas e alegria imensa no coração e na vida.
Quem derá que todas as pessoas fossem tão proximas da sabedoria como tu. Tão sabias como tu. Tão verdadeiras como tu.


Amo-te perdidamente

Tua mãe

568 - O que a vida nós mostra

Meu muito amado filho Estêvão


"Uma senhora idosa, elegante, bem vestida e penteada, estava de mudança para uma casa de repouso pois o marido com quem vivera 70 anos, havia morrido e ela ficara só…
Depois de esperar pacientemente por duas horas na sala de visitas, ela ainda deu um lindo sorriso quando uma atendente veio dizer que seu quarto estava pronto. A caminho de sua nova morada, a atendente ia descrevendo o minúsculo quartinho, inclusive as cortinas de chintz florido que enfeitavam a janela.
– Ah, eu adoro essas cortinas – disse ela com o entusiasmo de uma garotinha que acabou de ganhar um filhote de cachorrinho.
– Mas a senhora ainda nem viu seu quarto…
– Nem preciso ver – respondeu ela. – Felicidade é algo que você decide por princípio. E eu já decidi que vou adorar! É uma decisão que tomo todo dia quando acordo. Sabe, eu tenho duas escolhas: Posso passar o dia inteiro na cama contando as dificuldades que tenho em certas partes do meu corpo que não funcionam bem… ou posso leva…

567 - Algumas coisas que levei anos a aprender

Meu muito amado filho Estêvão
Deixo-te aqui uma lista de coisas que demoram anos a aprender...

"1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom, não pode ser uma boa pessoa.
2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas. 3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance. 4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca. 5. Não confunda nunca sua carreira com sua vida. 6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite. 7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu potencial, essa palavra seria “reuniões”. 8. Há uma linha muito ténue entre “hobby” e “doença mental”. 9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito. 10. Nunca tenha medo de tentar algo novo. Lembre-se de que um amador solitário construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais construiu…

566 - Constatações da vida

Meu muito amado filho Estêvão


Coisas boas da vida e que não custam nada.... deitar no chão de noite e olhar as estrelas e lembrar que somos só pó de estrelas mesmo.

Agradecer a vida que temos, a saude que temos, as pessoas que temos em nossa redor... as pessoas que somos!

Rir rir e rir de tudo e de nada só porque a vida é magnifica.


Amo-te demais


Tua mãe

565 - Uma lista de coisas muito importantes

Meu muito amado filho Estêvão
Hoje deixo-te duas listas


Imprime-as guarda-as perto de onde as vejas


Amo-te demais




Tua mãe

564 - Beber água

Meu muito amado filho Estêvão
Particularmente quando estiver muito calor bebe muita água muita muita mesmo. Se te incharem os pés e as pernas .... Levanta os e mantém os levantados durante pelo menos 1 hora

Amo te demais 



Tua mãe

563 - Coisas ditas por outras pessoas

Meu muito amado filho Estêvão

"Eis o milagre: quanto mais compartilhamos, mais temos."
By: Leonard Nimoy


"As pessoas perguntam-me: "Por que é que não interpreta mulheres fracas?"
E eu respondo: "Não conheço nenhuma!"
By: Reese Wittherspoon


"Não se pergunte do que é que o mundo precisa. Pergunte-se o que faz você se sentir vivo e dedique-se a isso."
By: Howard Thurman


"Ria do que der errado. Sempre haverá outra noite."
By: Steve Carell


"Muita gente tem medo de dizer o que quer. É por isso que não conseguem o que querem."
By: Madonna


"Antes de pedir dinheiro emprestado a um amigo, decida de qual dos dois você precisa mais."
By: Addison H. Hallock


"Uma demontração de amor requer mais do que beijos, sexo e palavras. Sentir amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida."
By: Arnaldo Jabor


Amo-te infinitamente


Tua mãe

562 - Isto também passará

Meu muito amado filho Estêvão


Eu tenho dois mantras que repito para mim muitas vezes para me lembrar que devo ter calma ... para o bem ou para o menos bem ... tudo passa.
E por mais que faças ou não faças a sempre sempre se revolve.


"Nada é permanente neste mundo cruel, nem mesmo os nossos problemas."
By: Charles Chaplin


Amo-te demais


Tua mãe

561 - Aprender para viver

Meu muito amado filho Estêvão

"Os instrumentos mais utéis para a vida: memória selectiva para recordar o que é bom, prudência lógica para não arruinar o presente e optimismo desafiante para encarar o futuro."

By: Isabel Allende


E eu quero acrescentar.... um bom par de sapatos confortáveis e uma Bimby ......


Amo-te infinitamente


Tua mãe

560 - Uma questão de prespectiva

Meu muito amado filho

Na vida tudo tem dois lados (pelo menos), tudo tem duas histórias... como tu ves o outro e como o outro te ve a ti, como aconteceu para ti e como aconteceu para o outro... calçar os sapatos do outro e pensar: "gostava que me fizessem o mesmo?", "e se fosse comigo como faria?"... pondo o ego de lado e vendo simplesmente... a vida muda!!!

Vou te dar um exmplo:

"Um dia entrei numa loja de animais, parei em frente à gaiola de um exótico papagaio. Após nos olharmos por alguns minutos ele perguntou:
- Tu falas?"
By: Shirley Brown



Amo-te infinitamente

Tua mãe

559 - Irmãos e familias pequenas

Meu muito amado filho

Se soubesse o que sei hoje há algumas coisas que teria feito diferente na minha vida. Uma era sem duvida ter tido filhos mais cedo.
Tu existires é tudo na minha vida é o que dá sentido a cada dia a cada acordar de manha.
A vida dá ainda muitas voltas e quem sabe ainda poderás ter um irmão. Eu ia gostar muito muito disso.
Eu acho maravilhoso famílias grandes: irmãos, primos, sobrinhos... enfim mesa cheia de gente.
Acho que quando temos irmãos e primos e sobrinhos nunca estamos sós. Aconteça o que aconteça teremos sempre quem nos dê um abraço e nos acompanhe. Deve ser bom ter assim companhias que crescem conosco e que sabem a nossa historia sabem quem eramos e quem somos e acompanham quem seremos.
Ser sozinho dá aquela solidão. Mete até medo com o tempo a passar, medo de um dia não termos ninguem que partilha a mesma historia familiar.

Um dia quando fores pai pensa nisso... não importa as vezes o que se tem mas sim quem temos a nosso lado. Se puderes não deixes o t…

558 - Deixar de fumar e porque isso importa

Meu muito amado filho Estêvão

Há 8 anos que deixei de fumar. Deixar de fumar foi uma coisa complicadissima que fiz na minha vida mas por outro lado foi uma coisa maravilhosa. Fiquei com mais saude, mais ar para respirar, recuperei o paladar da comida e o cheiro das coisas, poupei um monte de dinheiro... em resumo só vantagens.
Se perguntares porque comecei a fumar não te saberia responder mas sei porque deixei. Deixei porque quero viver bem bastantes anos e fumar mata e mata mesmo.
Nunca começes a fumar porque deixar e mais complicado.

Mas na realidade hoje não te quero falar sobre não fumar quero contar-te uma historia.

Quando eu era adolescente, tinha eu 17 anos infelizmente já fumava e tinha uma amiga que gostava muito chamada Susana. A Susana tambem fumava e a mãe dela sabia que nós as duas fumavamos. A Susana ficou doente (outra coisa nada a ver com tabaco) e a mãe da Susana pediu lhe que deixasse de fumar e que eu tambem fizesse o mesmo. Na altura disse que sim que deixava que i…

557 - Sachi

Meu muito amado filho Estêvão

"Pouco depois do seu irmão ter nascido, a pequena Sachi começou a pedir aos pais que a deixassem sozinha com o bebé. Preocupavam-se por ela, como a maior parte das crianças de quatro anos, sentir ciúmes e poder querer bater-lhe ou sacudi-lo, e por isso diziam que não. Mas ela não dava sinais de ciúme. Tratava o bebé com carinho e os seus pedidos para ficar a sós com ele eram cada vez mais urgentes. Decidiram permitir.
Encantada, ela entrou no quarto do bebé e fechou a porta, mas abriu-se uma greta, o suficiente para os pais curiosos espreitarem e ouvirem. Viram a pequena Sachi caminhar silenciosamente até ao bebé, chegar a cara à dele e dizer baixinho: "Bebé, diz-me como é Deus. Estou a começar a esquecer-me"."

By: Dan Millman


Amo-te demais

Tua mãe

556 - A estação

Meu muito amado filho Estêvão

"Enterrado no nosso subconsciente está uma visão idílica. Viajamos de cmboio - olhando pela janela extasuamo-nos com as cenas que passam de crianças a acenar numa passagem de nível, o gado a pastar numa encosta distante, fila após fila de trigo e aveia, planícies e vales, montanhas, encostas que passam a correr e horizontes de cidades.
Mas, acima de tudo, temos em mente o destino final. Num certo dia, chegaremos à estação. Haverá bandas a tocar e bandeiras a acenar. Quando lá chegarmos, os nossos sonhos tornar-se-ão realidade e os pedaços das nossas vidas unir-se-ão como um puzzle. Inquietos andamos pelas coxias, amaldiçoando os minutos - à espera, à espera, à espera da estação.
"Quando chegarmos à estação é qie vai ser!" exclamamos.
"Quando tiver 18 anos", "Quando comprar um novo Mercedes Benz 450 SL", "Quando puser o último filho na universidade", "Quando tiver pago a hipoteca", "Quando for pro…

555 - Um garotinho

Meu muito amado filho Estêvão

"Um garotinho olhou para uma estrela
E começou a chorar
E a estrela disse,
Por que choras rapaz?
P garotinho respondeu,
Estás tão longe
Nunca poderei tocar-te
E a estrela disse,
Rapaz, se eu não estivesse já dentro do teu coração
Não poderias ver-me."

By: John Magliola


Amo-te daqui às estrelas todas do seu

Tua mãe

554 - Um anjo com chapéu vermelho

Meu muito amado filho Estêvão


"Enquanto estava sentado no café senti-me assustado. No dia seguinte ia ser operado à coluna. O risco era grande mas a fé também. Rezei:
"Oh, Pai do Céu, neste momento de provação, mandai-me um anjo!"
Quando levantei os olhos e me preparei para sair vi uma senhora idosa a caminhar lentamente para a caixa registadora. Pus-me a seu lado e observei o seu gosto pela moda. - Um alegre vestido escocês em vermelho e roxo, uma écharpe, um alfinete e um vistoso chapéu escarlate. Disse-lhe:
- Desculpe, minha senhora. Só queria dizer-lhe que é uma mulher muito bonita.
Ela agarrou-me a mãe e disse:
- Meu filho, Deus o abençoe, porque, sabe, tenho um braço artificial e uma placa no outro e uma perna não é minha. Levo muito tempo a arranjar-me. Faço o melhor que posso, mas à medida que os anos passam, parece que as pessoas acham que não tem importância.
Hoje fez-me sentir tão especial. Que Deus o proteja e abençoe.
Ao afastar-se, senti que tocara na minh…

553 - Terás na medida em que deres

Meu muito amado filho Estêvão

"Quando estava a trabalhar como disc jockey em Columbus, Ohio, costumava parar num hospital local quando ia para casa. Entrava no quarto de diversas pessoas, lia-lhes a Bíblia ou falava com elas. Era uma maneira de esquecer os meus problemas e de agradecer a Deus. Era algo que contava na vida daqueles que eu visitava. Um dia salvei, literalemente a vida.
Um dia cinha para casa, cerca das duas da manhã. Quando comecei a abrir a porta, um homem surgiu de trás da casa e perguntou-me:
- Você é o Les Brown?
- Sou sim - respondi.
- Mnadaram-me tratar-lhe da saúde.
- A mim? Porquê? - perguntei.
- Bom, há um empresário que ficou muito aborrecido com o dinheiro que você lhe custou ao dizer que os artistas que cá vinham não era a banda original.
- Vai fazer-me mal?
- Não e vou dizer-lhe porquê. A minha mãe esteve no hospital Grant e escreveu-me a contar que você foi lá um dia e sentou-se, falou com ela leu-lhe a Bíblia. Ficou muito impressionada com esse disc …

552 - Uma tarde no parque

Meu muito amado filho Estêvão

"Era uma vez um rapazinho que queria conhecer Deus. Sabia que era uma grande viagem até onde Deus vivia, por isso fez a mala com Twinkies e seis pacotes de refresco e iniciou a viagem.
Depois de ter andado cerca de três quarteirões, encontrou uma velhinha. Estava sentada no parque a olhar para uns pombos. O rapaz sentou-se ap lado dela e abriu a mala. Ia beber um resfresco quando reparou que a velhinha parecia ter fome e por isso ofereceu-lhe um Twinkie. Ela sorriu agradecida e aceitou. O seu sorriso era tão bonito que o rapaz quis vê-lo outra vez, por isso ofereceu-lhe o refresco. Ela sorriu-lhe novamente. O rapaz ficou encantado!
Ficaram ali sentados durante toda a tarde a comer e a sorrir, mas sem dizerem uma palavra.
Quando começou a escurecer, o rapaz apercebeu-se de como estava cansado e levantou-se para se ir embora. Virou-se, foi ao pé da velhinha e deu-lhe um abraço. Recebeu o maior dos sorrisos.
Quando o rapaz abriu a porta de casa, pouco t…

551 - A magia de acreditar

Meu muito amado filho Estêvão

"Não tenho idade suficiente para jogar basebol ou futebol. Ainda não tenho oito anos. A minha mãe disse-me: "Quando começares a jogar basebol, não vais poder correr tão depressa porque fizeste uma operação." Respondi-lhe que não precisava de correr tão depressa. Quando jogar basecol, bato na bola e lanço-a para fora do campo, por isso tenho tempo de caminhar."

By: Edward J. McGrath Jr. in "An Excaptional View of Life"


"É ai que vai ganhar a batalha - no teatro da sua mente."
By: Maxwell Malt


Amo-te infinitamente

Tua mãe

550 - Experimenta algo diferente

Meu muito amado filho Estêvão

"Estou sentado numa sala sossegada de um hotelzinho tranquilo escondido entre pinheiros. Passa pouco do meio-dia em finais de Junho e estou a ouvir os sons desesperados de uma luta de vida ou de morte a pouca distância de mim.
Há uma mosquinha a queimar o que resta das suas poucas energias numa tentativa vã de atravessar o vidro da janela. As assas adejantes contam a história da estratégia da mosca. Esforçar-se mais.
Mas não está a resultar.
O esforço frenético não oferece esperanças de sobrevivência. Ironicamente, a luta faz parte da armadilha. É impossível o insecto esforçar-se mais para conseguir atravessar o vidro. Porém, esse pequeno insecto apostou a vida para alvançar o seu objectivo através de cruel esforço e determinação.
Esta mosca está condenada. Vai morrer ali no parapeito.
A dez passos daqui, abre-se a porta. Dez segundos de voo e esta pequena criatura podia alcançar o mundo que procura lá fora. Apenas com uma fração do esforço que está …

549 - Lutas, generosidade e chão

Meu muito amado filho Estêvão
Luta com honestidade.
Dá com generosidade.
Ri com alegria.
Ama profundamente.
O chão está lá para te ajudar a levantar. Usa-o.
Planta mais flores do que as que apanhas. 
Lembra-te de que todas as verdades importantes são simples.
Lembra-te que as pessoas que são honestas não dizem: "Mas tu não confias em mim?"
Inclui a tua avô nas tuas preces.

Amo-te infinitamente

Tua mãe

548 - Arriscar

Meu muito amado filho Estêvão

"É quando queremos jogar pelo seguro que criamos um mundo da maior insegurança"
By: Dag Hammarskjold


"Duas sementes estão lado a lado no fértil solo primaveril.
A primeira semente disse: "Quero crescer! Quero atirar as minhas raízes para maior profundidade no solo e atirar os meus rebentis furando a crosta terrestre por cima de mim... Quero desfraldar os meus botões como bandeiras para anunciar a chegada da Primavera... Quero sentir o calor do sol no meu rosto e a bênção do orvalho da manhã nas minhas pétalas!
E assim cresceu.
A segunda semente disse: "Tenho medo. Se atirar as minhas raízes lá para baixo, não sei o que posso encontrar no escuro. Se furar para cima atravessando o solo duro posso danificar os meu rebentos tenros... e se eu abrir os meus botões e os caracóis os comerem? E se abrir as flores, uma criança pode arrancar-me do solo. Não, é muito melhor esperar até ser seguro."
É assim esperou.
Uma galinha que andava…

547 - Sonhos doces e dos outros e casamentos

Meu muito amado filho Estêvão

Recupera os teus sonhos

Quando fizeres sonhos, adiciona um ovo de cada vez lentamente.

Não te esqueças de que fazer um casamento feliz é como fazer agricultura, tem de se começar de novo todas as manhãs.

Na vida emocional, pessoal ou profissional uma traição é como partir um prato... depois podes pedir desculpa, perdão que é como um prato partido... uma vez partido jamais será igual jamais!

Ensina sempre sempre sempre pelo exemplo.

Quando os teus filhos forem jovens viaja com eles, aproveita sempre as férias, visita sitios bonitos, são recordações que jamais eles esqueceram.

Empenha-te num objectivo importante. Mas empenha-te mesmo. Mete alma, sangue, suor.

Vive com simplicidade.

Não tenhas medo de pessoas sinceras, não tenhas medo de pessoas que falam alto gesticulam muitos e são frontais... essas são sempre boas amigas e de confiança. Mas nem sempre compreendidas.

Pensa com rapides, mas não fales com a mesma rapidez. Pensa 3 vezes antes de falar.

Trabal…

546 - A terra moveu-se para ti?

Meu muito amado filho Estêvão


"Ângela, de onze anos, foi atacada por uma doença debilitante que envolvia o sistema nervoso. Não podia andar e os médicos não punham grande esperança na sua recuperação. A rapariguinha era indómita. Ali estava, na cama do hospital e disposta a jurar, a quem a quisesse ouvir, que iria voltar a andar qualquer dia.
Foi transferida para um hospital especial de reabilitação na zona da Baía de S. Francisco. Os terapeutas estavam encantados com o seu espírito inquebrantável. Ensinaram-na a visualizar - ver-se a caminhar. Se mais não fizesse, pelo menos dava-lhe esperança e algo de positivo a fazer durante as longas horas de vigília, na cama. Ângela trabalhava tão arduamente quanto possível na terapia física, em hidromassagem e em sessões de exercícios. Mas trabalhava também arduamente, ali deitada, faendo fielmente a sua visualização, a ver-se mover-se, mover-se, mover-se!
Um dia, enquanto lutava com todas as forças para imaginar as suas pernas a moverem-s…

545 - Visitas à tua cidade e plantas

Meu muito amado filho Estêvão

Quando fores abordado por pessoas em visita à tua cidade, dá-lhes indicações claras e completas.

Fala com as tuas plantas.

Pede conselho quando precisares, mas lembra-te de que ninguém é especialista na tua vida.

Se sabes que vais perder, fá-lo com elegância.

Diz todos os dias alguma coisa que encoraje os teus filhos.

Se tens um amigo que está a atravessar um momento muito complicado mesmo que tu tambem estejas, mesmo que aches que estares com ele só te vai fazer pior a ti... não o abandones nunca NUNCA. Nunca se abandona um amigo.

A mentira mais comum que as pessoas dizem é "Está tudo bem!" em resposta à pergunta... como estas? .... se tens um amigo(s) que sempre te diz "Está tudo bem!" ... pensa.... estás a dar espaço a essa pessoa de falar abertamente contigo? Estás a deixar que essa pessoa seja franca contigo? Tens tido tempo para verdadeiramente a ouvir?


Quando tiveres relações sexuais com alguém usa sempre SEMPRE preservativo.


Am…

544 - Estímulo

Meu muito amado filho Estêvão

"É preciso tão pouco para fazer as pessoas felizes. Apenas um toque, se soubermos dá-lo, apenas uma palavra dita adequadamente... um leve reajustamento numa cavilha, numa chumaceira ou num gancho da delicada maquinaria da alma"
By: Frank Crane


"Alguns das maiores histórias de êxito seguiram-se a uma palavra de estímulo ou a um acto de confiança de um ser amado ou de um amigo fiel. Se não tivesse sido Sofia, uma esposa confiante, nunca teríamos incluido entre os grandes nomes da literatura o de Nathaniel Hawthorn. Quando Nathaniel chegou a casa destroçado e disse à mulher que era um falhado e que fora despedido da alfândega, ela deixou-o surpreendido com uma exclamação de alegria.
- Pronto - disse ela. - Agora já podes escrever o teu livro.
- Sim e de que vamos viver, enquanto eu escrevo? - perguntou com a confiança em declínio.
Para seu espanto, ela abriu a gaveta e tirou de lá uma considerável quantia em dinheiro.
- Onde arranjaste isso? -…

543 - Porque sou assim

Meu muito amado filho Estêvão

Sou cheia de defeitos cheia de marcas do que fui.
Mas amo-te do fundo da minha alma.

Já te falei aqui várias vezes de como nos últimos anos questionei tantas coisas na minha vida.
Deus. E a presença Dele na minha vida, por exemplo.
A razão porque questionei tanto tudo de Deus na minha vida e porque me afastei tanto da vida em igreja e como isso me destruiu, foi porque eu vi várias pessoas, uma pessoa em muito especial, muito pouco digna de usar a palavra Deus a usa-la como se fosse um cartão de visita, como se fosse olá ou adeus. E isso quase me destruiu.

Para mim as palavras tem poder, um poder imenso, e as palavras são o que elas significam, "eu amo-te" significa que eu JAMAIS te prejudicarei, significa que o meu ar é teu que morro para que tu vivas, "Deus" significa amor maior, amor imenso, caminho de luz.
Só uso as duas palavras quando são verdade e quando me sinto digna de as usar.

Já aconteceu na minha vida ter de dizer a alguém …

542 - Jantares da igreja e recém papás

Meu muito amado filho Estêvão

Não te queixes da comida ou dos entretenimentos num jantar da igreja ou em actividades de beneficência.

Pede a quem foi pai ou mãe recebtemente que te mostre a fotografia do bebé.

Lembra-te de que a verdadeira felicidade vem da vida virtuosa.

Não faças uma hipoteca sobre a tua casa maior do que três vezes o rendimento anual da tua família.

Passa as receitas de família a outros.

Amo-te infinitamente


Tua mãe

541 - Serviço com um sorriso

Meu muito amado filho Estêvão

"Se pudesses escolher uma característica que o ajudasse a levar a vida devia escolher o sentido de humor"
Jennifer James

Um homem escreveu uma carta a um hotel de uma cidade do Midwest que planeava visitar nas férias. Escreveu:
   Gostaria muito de levar o meu cão comigo. Está bem treinado e porta-se muito bem. Deixam que ele fique comigo no quarto de noite?

A resposta do dono do hotel veio depressa e era a seguinte:
   Exploro este hotel há muitos anos. Durante todo este tempo, nunca vi um cão roubar toalhas, roupa de cama, talheres ou quadros. Nunca tive de chamar a atenção a um cão, a meio da noite, por estar bêbado e a causar distúrbios. E nunca tive um cão que saísse do hotel sem pagar a conta. Claro que o seu cão é bem-vindo ao meu hotel. E, se o seu cão se responsabilizar por si, também será bem-vindo."

By: Karl Albrecht e Ron Zenke in Service America


"Perto deste local estão depositados os restos mortais de quem possuiu beleza …

540 - Modos de vida

Meu muito amado filho Estêvão


Não vivas a travar. A vida é para ser vivida não travada.


Tem fé em Deus sempre, sempre, sempre põe o no comando da vida, entrega a tua vida (totalmente) nas mãos de Deus e deixa que Ele trabalhe.

Amo-te demais


Tua mãe

539 - Um de cada vez

Meu muito amado filho Estêvão

"Tentar é o que importa. Não interessa se, para os outros, tem êxito ou se falha."
By: Robert Thibodeau


"Um amigo nosso caminhava por uma praia mexicanadeserta ao pôr-do-sol. Enquanto caminhava viu outro homem ao longe. À medida que se aproximava, reparou que o nativo se baixava constantemente apanhava qualquer coisa e atirava-a para a água. Consecutivamente, ia lançando coisas para o mar.
Quando o nosso amigo se aproximou, viu que o homem apanhava estrelas-do-mar que tinham sido arrastadas para a praia e voltava a atirá-la ao mar, uma de cada vez.
O nosso amigo ficou surpreendido. Aproximou-se do homem e disse:
- Boa tarde amigo. Estava a pensar no que está a fazer.
- Estou a atirar estas estrelas-do-mar para o oceano. Sabe, agora está maré baixa e todas estas estrelas-do-mar foram arrastadas para a praia. Se não as atirar para o mar, morrem aqui por falta de oxigénio.
- Compreendo - comentou o nosso amigo - mas devem haver milhares de est…

538 - Negócios e verdades

Meu muito amado filho Estêvão
Lê um livro sobre como montar e fazer crescer um negócio.
Lembra-te de que muitas verdades são ditas a brincar.
Não te esqueças de que muitas verdades são ditas a brincar.
Não te esqueças de que a tua atitude é tão importante como os factos.
Visita uma escola de artes.
Faz um curso básico de reparação de automóveis.
Leva um amigo a jantar fora se ele precisar de conversar.

Amo-te demais

Tua mãe

537 - Nem um!

Meu muito amado filho Estêvão

"Little Chad era um jovem tímido, calmo. Um dia chegou a casa e disse à mãe que queria fazer uma prenda de S. Valentim para todas da sua aula. O coração dela afundou-se. Ela pensou: "Deus queira que ele não faça isso!" porque tinha observado as crianças quando coltavam da escola. Riam-se e abraçavam-se e falavam umas com as outras. Mas Chad nunca estava incluído. Porém, decidiu acompanhar o filho. Por isso, comprou papel, cola e os lápis de cor. Noite após noite Chad fez, com dificuldade, 35 prendas de S. Valentim,
O dia de S. Valentim chegou e Chad estava fora de si de tão excitado. Armou-os cuidadosamente, meteu-os num saco e saiu. A mºae decidiu fazer os seus bolinhos preferidos e servir-lhos quentinhos com um copo de leite frio, quando voltasse da escola. Sabia que ele podia ficar desiludido e isso talvez pudesse aliviar-lhe um pouco o sofrimento. Doía-lhe pensar que ele não iria receebr muitas prendas de S. Valentim... talvez até nenhu…

536 - Salgadinhos e dinheiro

Meu muito amado filho Estêvão


Presta atenção ao que comes em festas. Cada aperitivo, cada salgadinho tem cerca de cem calorias.

Lembra-te de que a riqueza não é ter todo o dinheiro que queres, mas ter todo o dinheiro de que preciso.

Ao aterrares agradece ao comandade pelo voo seguro e confortável.

Nunca deixes de falar aos teus filhos, façam eles o que fizerem.

Guarda algum dinheiro no banco para fazeres face a problemas imprevistos.


Amo-te

Tua mãe


535 - Haja paz

Meu muito amado filho Estêvão

"Um velho sensato reformou-se e comprou uma casa modesta perto de uma escola preparatória. Passou as primeiras semanas da reforma em paz e sossego... depois começou o ano lectivo. Na tarde seguinte, três jovens, cheios do entusiasmo juvenil de quem sai da escola, desceram a rua a bater alegremente em todos os caixotes do lixo que encontravam. O barulho do batuque continuou dia após dia após dia, até que o homem sensato achou que era altura de fazer qualquer coisa.
Na tarde seguinte, foi ao encontro dos jovens percussionistas, enquanto eles avançavam pela rua batucando. Deteve-se e disse: "Ei rapazes, vocês são muito divertidos. Gosto de vê-los exprimirem assim a vossa exuberância. Costumava fazer o mesmo quando era da vossa idade. Fazem-me um favor? Dou um dólar a cada um se me prometerem aparecer por aqui todos os dias e fazer isso.!"
Os miúdos ficaram encantados e continuaram a fazer o seu batuque nos caixotes do lixo. Ao fim de alguns di…

534 - Dar, Dar-se e Ingratidão

Meu muito amado filho Estêvão

Eu tenho uma amiga que mudou de nome. Mas nome proprio mesmo não o apelido! Essa amiga conhece me há uns anos e sempre (SEMPRE) que me encontra diz me o mesmo: "Não faças mais nada pelos outros, não te esforces tanto pelos outros que te esvazias. Faz por ti agora. Faz só por ti agora." Haverá palavra em português para ser uma pessoa assim?  Não sei de todo. Mas essa minha amiga tem razão a sensação as vezes é de estar vazio. É optimo dar, entende isso, é maravilhoso! Dar alguma coisa, dar uma memória, dar uma alegria, dar confiança, dar trabalho, dar respeito, dar um abraço, dar um ensinamento, dar tempo, dar amor, dar companhia, dar... dar... dar... é optimo.
Dar sem pedir nada em troca. Dar-se. Mas sabes o que tambem é bom? Bom demais é receber. Receber carinho, receber abraço, receber tempo, receber memórias, receber alegrias, receber confiança, receber alguma coisa, receber trabalho, receber respeito, receber ensinamentos, receber amor, rece…

533 - Nunca desistas mas às vezes é melhor deixar de insistir

Meu muito amado filho Estêvão

No trabalho se sentires que não estas bem tenta perceber porquê, o que podes mudar para ficar melhor, se tentares mudar e não consiguires tenta adaptar-te tu... se não for possivel.... simplesmente afasta-te sem dor sem sofrimento afasta-te. Não insistas.

Uma coisa que aprendi de viver longe e perto e longe e perto, foi que há pessoas que por mais ocupadas que estejam sempre arranjam tempo para estar contigo, há sempre pessoas que mesmo estando eu longe pegavam em ti e te levavam a comer um gelado, e sempre houveram pessoas que em 3 meses nunca arranjam 1 hora livre para isso, há pessoas que fazem de 4ª feira domingo e das noites tardes e há quem tenha sempre muito para fazer, há quem esteja sempre muito ocupado. Deixa ir sem dor. Se não fazem por gosto não fazem por ti. Cada pessoa está no seu caminho se for para se voltarem a encontrar mais tarde isso acontecera. Não insistas.

Não corras atrás das borboletas faz o teu jardim mais florido simplesmente.


N…

532 - Filmes, padres e casamentos

Meu muito amado filho Estêvão

A maneira mais fácil de seres feliz é seres grato. Grato a quem és, a quem foste, ao que tens, a onde estás, à saude que tens... enfim grato.

Quando trabalhares num sitio e fizeres uma festa ou convidas as pessoas todas do teu trabalho ou não convides ninguem. Deixar alguém de fora é a maior falta de educação que existe.

Quando trabalhares com alguém que não é do sitio onde estas não deixes de convidar essa pessoa para sair, para conviver contigo... mesmo que não te apeteça muito. Chama-se a isso saber estar. Saber conviver.

Acrescenta o filme Canção de Lisboa à tua coleção de filmes.

Convida o padre da tua paróquia para almoçar ou jantar pelo menos uma vez por ano.

Casa com alguém que goste muito de música.

Estuda a história da tua terra natal.

Vê cada desvio como uma oportunidade para experimentar coisas novas.

Cuida de adultos doentes como se fossem crianças.


Amo-te infinitamente


Tua mãe


531 - Só mais uma vez

Meu muito amado filho Estêvão

"Existe um romance inglês do século XIX no qual todos os anos, durante 500 anos, todo o povo se reúne na igreja na véspera de Natal e reza. Pouco antes da meia-noite acendem candeias e a cantar canções e hinos, caminham vários quilômetros até uma velha gruta abandonada. Ali organizam um presépio. E com uma devoção simples, ajoelham-se e rezam.
Existe um mito nessa cidade, uma crença, de que se todos os cidadãos estiverem presentes na noite de Natal, e se todos rezarem com verdadeira fé, então e só assim a Segunda Vinda estará para acontecer.
Durante 500 anos foram até à gruta e rezaram. Porém a Segunda Vinda não se deu.
A uma das personagens principais deste livro perguntaram:
- Acreditas que Ele vai voltar na noite de Natal à nossa cidade?
- Não - responde, abanando a cabeça tristemente - Não, Não acredito.
 - Então, por que é que vais lá todos os anos? - pergunta-lhe.
- Ah, e se eu lá não estivesse quando acontecesse? - perguntou a sorrir.
Como diz…

530 - Restaurantes, camiões e dinheiro

Meu muito amado filho Estêvão

Toma cuidado com restaurantes que tenham escrito: "Ajudante precisa-se".

Quando passares por uma familia dentro de um camião com reboque, faz-lhes um sinal de encorajamento. Eles bem precisam.

Quando entrares num elevador e já la estiverem pessoas cumprimenta.

Cumprimenta o motorista do autocarro onde viajares.

Se algum dia tiveres um piano manda afinar o piano de 6 em 6 meses.

Evita levantar dinheiro no multibanco à noite.

Lembra-te de que o mais importante é manter mais importantes as coisas mais importantes.


Amo-te infinitamente

Tua mãe


529 - É suficientemente forte para suportar críticas?

Meu muito amado filho Estêvão


"O importante não é o crítico, o homem que aponta como o homem forte tropeça ou aquele que fez alguma coisa que podia ter feito melhor.
O crédito é daquele que está na arena, com o rosto coberto de pó, suor e sangue, que luta de várias maneiras, que erra e falha uma e outra vez, porque não existe esforço sem erro ou falhas, que conhece a grande dedicação, que mergulha numa grande causa, que nos melhores momentos acaba por conhecer a realização do triunfo e que nos piores, se fragassa enquanto tenta arduamente, sabe que o seu lugar nunca será com aqueles espíritos tímidos e frios que não conhecem a vitória nem a derrota."

By: Theodore Roosevelt



Amo-te infinitamente


Tua mãe

528 - Preconceitos

Meu muito amado filho Estêvão

Questiona os teus preconceitos.

Come com moderação.

Faz exercício com vigor.

Ri-te com vontade.

Se estiveres zangado, dá um passeio durante meia hora, se estiveres muito zangado, parte um pouco de lenha para a lareira.

Ao devolveres um livro ou uma peça de roupa que te emprestaram, deixa um bilhete de agradecimento.


Amo-te infinitamente


Tua mãe

527 - Uma carta de despedida de um filho a uma mãe

Meu muito amado filho Estêvão

Hoje partilho contigo uma carta de um filho que acabou de perder a sua mãe.


Hoje, perdi a mulher mais importante da minha vida. Ainda de manhã te dei um beijo. Foi o último correspondido. Agora já não vou voltar a chegar a casa e ver-te. Vai ser um vazio que nunca será preenchido, mas que fará parte de mim até ao fim dos meus dias.  Educaste-me de uma maneira que nunca pensei que fosse possível. Nunca me faltou nada e trabalhaste dia e noite para que assim fosse. Só posso dar graças a todos os sacrifícios que fizeste, a todas as birras que aturaste, a todos os meus caprichos que atendeste, a todo o carinho que tu me deste, sei que a minha vida inteira não chegará para te agradecer o suficiente, mas vou tentar. Vais-te orgulhar no homem em que me tornei, me estou a tornar e me irei tornar. Vou viver a minha vida sabendo que agora tenho mais um anjo a olhar por mim, mais uma estrela a guiar-me. Vou fazer a minha vida como a sonhei, vou viver os meus sonhos por…

526 - A apaixonada busca da possibilidade

Meu muito amado filho Estêvão

Alimente as suas visões e os seus sonhos porque eles são filhos da sua alma, as pegadas das suas realizações máximas.
By: Napoleon Hill


"Há anos, enquanto escavava um túmulo egípcio, um arqueólogo encontrou sementes enterradas num pedaço de madeira! Plantou e as sementes frutificaram ao fim de mais de 3000 anos! As condições de vida das pessoas são tão desanimadoras, tão demolidoras que os seres humanos - independentemente da potencialidade inerente - estão condenados a vidas de fracasso e silencioso desespero? Ou existem também sementes de possibilidade nas pessoas, uma necessidade de frutificar que fura a dura casca da adversidade? Pensem nesta história que chegou à Associated Press a 23 de Maio de 1984:

Uma criança, Mary Groda, não aprendia a ler, nem a escrever. Os especialistas rotularam-na de atrasada. Quando adolescente ganhou outro rótulo o de incorrigível e foi condenada a dois anos num reformatório. Foi ali, ironicamente, naquele lugar fech…

525 - Dias maus

Meu muito amado filho Estêvão

Lê o Borda d' Água.

Lembra-te de que toda a gente tem dias maus.

Aprende a comer com pauzinhos.

No teu papel de carta e nos teus cartões profissionais escreve o número de telefone de forma legível.

Nunca embaraces ninguém intencionalmente.

Nunca compres uma casa a um agente imobiliario que não saiba falar bem o português.

Amo-te infinitamente


Tua mãe

524 - Nunca lhe dissemos que não podia

Meu muito amado filho Estêvão

Deixo-te aqui hoje um texto para leres e pensares.

"O meu filho Joey nasceu com um pé boto. Os médicos garantiram-nos que com tratamento poderia andar normalmente - mas, tambem que nunca poderia  correr. Os primeiros três anos de vida foram passados em operações, gesso e aparelhos metálicos. Aos oito anos, ao vê-lo andar ninguém diria que tinha um problema.
As crianças do bairro corriam como fazem a maior parte das crianças a brincar e Joey, andava com elas, corria e brincava tambem. Nunca lhe dissemos que, provavelmente não conseguia corrrer tão bem como as outras crianças. Por isso, ele não sabia.
Quando andava no ciclo decidiu entrar numa equipa de corta-mato. Todos os dias treinava com a equipa. Esforcava-se mais e corria mais do que os outros - sentia, talvez, que as capacidades que pareciam ser naturais em tantos outros não eram naturais nele. Embora toda a equipa corra, apenas os sete melhores corredores têm possibilidade de marcar pontos para…

523 - Somos só pó de estrelas

Meu muito amado filho Estêvão

Sabes uma vez há muitos muitos anos visitei o vulcão do Capelinhos nos Açores, é uma paisagem maravilhosa, unica, vale a pena visitar. Enorme, escuro, e lá esta sozinho parado.

Um coisa que me ajuda muito a relativizar os meus problemas é lembrar-me dessa imagem. Como eu era minuscula ao lado do vulcão. Quando eu penso que os meus problemas são gravissimos e insuportaveis lembro-me de um menino que uma vez vi em Moçambique a beber água de uma poça imunda de água, quando penso que o dinheiro não vai chegar penso que há quem viva com infinitamente menos e ainda saia para a rua para sambar.
Quando eu penso que os meus problemas são unicos e mais graves que todos os problemas do mundo lemnro-me que eu sou apenas carbono, oxigénio, azoto e hidrogénio tal como o Sol ou os aneis de Saturno. Os meus problemas não são nada diferentes dos problemas que outras pessoas já tiveram antes de mim, de nós. O mundo, o vulcão do Capelinhos continuará exactamente onde esta i…

522 - As minhas desculpas

Meu muito amado filho Estêvão
Eu sou tua mãe desde antes de tu existires mas ontem foi dia da mãe. Eu tenho a melhor mãe do mundo, a minha mãe ensinou-me a ser quem sou hoje, ama-me apesar de tudo, ama-me com tudo o que eu sou. E ama-te a ti como a mim. Dá te colo, alimenta-te, trata a tua febre, cuida das nossas dores. Faz-nos rir, faz-nos saltar, educa-te, educa-me.... Fez-me pessoa e faz-te pessoa. Ontem queria ter estado com ela, queria tê-la abraçado, queria ter-te abraçado queria lambuzar-vos do amor que vos tenho. Mas não foi possível. E essa é mais uma dor que segue comigo. Ontem tive de trabalhar, estiveste comigo, como estas cada segundo da minha existência mas ontem tinha mesmo que trabalhar, porque cada cêntimo que ganho é para te alimentar, te vestir, te tratar, para que estudes.... Um dia perguntaste-me porque tens tanto que trabalhar mama? Porque fui roubada durante 40 meses por um homem muito mau que me roubou a almofada de segurança económica que eu tinha para mim e para t…