Pular para o conteúdo principal

526 - A apaixonada busca da possibilidade

Meu muito amado filho Estêvão

Alimente as suas visões e os seus sonhos porque eles são filhos da sua alma, as pegadas das suas realizações máximas.
By: Napoleon Hill


"Há anos, enquanto escavava um túmulo egípcio, um arqueólogo encontrou sementes enterradas num pedaço de madeira! Plantou e as sementes frutificaram ao fim de mais de 3000 anos! As condições de vida das pessoas são tão desanimadoras, tão demolidoras que os seres humanos - independentemente da potencialidade inerente - estão condenados a vidas de fracasso e silencioso desespero? Ou existem também sementes de possibilidade nas pessoas, uma necessidade de frutificar que fura a dura casca da adversidade? Pensem nesta história que chegou à Associated Press a 23 de Maio de 1984:

Uma criança, Mary Groda, não aprendia a ler, nem a escrever. Os especialistas rotularam-na de atrasada. Quando adolescente ganhou outro rótulo o de incorrigível e foi condenada a dois anos num reformatório. Foi ali, ironicamente, naquele lugar fechado, que Mary, vencida pelo desafio da aprendizagem fazia os seus trabalhos escolares durante 16 horas por dia. O seu trabalho compensou-a. Recebeu o seu diploma do ensino secundário.
Mas mais infelicidade iria bater à porta de Mary Groda. Depois de sair do reformatório, ficou grávida sem o benefício do casamento.
Em dificuldades financeiras, Mary passou a receber subsídio da assistência social. Por fim, fez-se ama de sete crianças. Durante este periodo começou a frequentar aulas na faculdade local. Após a sua conclusão do curso, candidatou-se a foi aceite na Escola Médica da Universidade de Albany para estudar Medicina.
Na primavera de 1984 em Oregon, Mary Groda Lewis - agora casada - desfilou com o traje académico pelo palco dos licenciados. Ninguém sabe quais os pensamentos íntimos que lhe passavam pela cabeça, enquanto estendia a mão para receber este testemunho de autoconfiança e perseverança, o seu diploma, que anunciava ao mundo: Aqui, neste pontinho da Terra está uma pessoa que ousou ter o sonho impossível, uma pessoa que nos confirma a sublimidade humana. Aqui está a doutora Mary Groda Lewis."
By: James E. Conner


As sus possibilidades de êxito em qualquer iniciatuva pode medir-se sempre pela sua crença em si próprio.
By: Robert Collier


Amo-te infinitamente


Tua mãe

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

69 - Os cães ladram e a caravana passa

Amado filho
Os “cães ladram e a caravana passa” é um proverbio árabe muito usado ainda hoje e que simboliza ainda muito do nosso comportamento humano.
Observa a maravilha de contradição existente no meio da afirmação. O estacionário e o evolutivo. Sabe-se que seguir adiante é da constituição das caravanas (e das pessoas), tal qual ladrar é da constituição dos cães. Aliás, os cães apenas ladram para avisar a seus donos a aproximação de algo que não faz parte de seu habitat convencional, ou quando desejam fazer festa para algum conhecido. Também é da sua constituição manterem-se próximos aos locais onde vivem, como se fossem limitados por um círculo invisível. No primeiro caso, não importa que a caravana tenha boas notícias, nem remédios importantes, basta que não seja daquele local. No segundo, o latido é diferente, mas é latido. Mas se ambos agem de acordo com suas constituições o que há de excecional na expressão? Exatamente o sentido de um permanecer estacionado e do outro seguir semp…

527 - Uma carta de despedida de um filho a uma mãe

Meu muito amado filho Estêvão

Hoje partilho contigo uma carta de um filho que acabou de perder a sua mãe.


Hoje, perdi a mulher mais importante da minha vida. Ainda de manhã te dei um beijo. Foi o último correspondido. Agora já não vou voltar a chegar a casa e ver-te. Vai ser um vazio que nunca será preenchido, mas que fará parte de mim até ao fim dos meus dias.  Educaste-me de uma maneira que nunca pensei que fosse possível. Nunca me faltou nada e trabalhaste dia e noite para que assim fosse. Só posso dar graças a todos os sacrifícios que fizeste, a todas as birras que aturaste, a todos os meus caprichos que atendeste, a todo o carinho que tu me deste, sei que a minha vida inteira não chegará para te agradecer o suficiente, mas vou tentar. Vais-te orgulhar no homem em que me tornei, me estou a tornar e me irei tornar. Vou viver a minha vida sabendo que agora tenho mais um anjo a olhar por mim, mais uma estrela a guiar-me. Vou fazer a minha vida como a sonhei, vou viver os meus sonhos por…

719 - Hoje isto acaba

Meu muito amado filho Estêvão Há 7 (quase 8) anos quando nasceste decidi escrever te este blog e decidi que 1111 coisas seriam .... hoje termino esta minha demanda mas não com 1111 mas sim com 719. Hoje isto acaba. Depois de pensar e sentir estou certa que nada mais tenho para te ensinar. NADA. Não sei nada da vida e do mundo e em particular do universo. Não sei nada do "amor". Nada de nada só sei do amor que te tenho. Não sei nada sobre namorar, casar, partilhar, ser leve. Nada. Há muitos muitos muitos anos que não sou beijada que não fecho os olhos com a sensação maravilhosa de ser amado, há outros tantos não janto fora para namorar, não olho nos olhos de alguém (que não tu) e penso UAU! .... já apanhei tantas vezes os cacos do meu coração que já perdi um monte pelo caminho e agora estão todos os cacos no saco, não sou dada a tinders ou aplicações de encontros, sou gorda demais e feia demais para algum dos meus amigos ou amigas me ajudar a encontrar um namorado. Por isso amor q…