Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2018

713 - Quem eu levo comigo quando faço coisas dificeis

Meu muito amado filho Estêvão


"Só há duas maneiras de viver a vida: a primeira é vivê-la como se os milagres não existissem. A segunda é vivê-la como se tudo fosse milagre."
By: Albert Einstein

Tu és já um milagre como vais viver o resto da tua vida?
Vê o video em baixo para mim uma verdadeira inspiração.


Try to Be a Rainbow in Somebody Else's Cloud


Tu és a minha benção és o meu arco-iris sempre sempre. Sempre.


o amor é o melhor presente





Amo-te infinitamente

tua mãe

712 - Causas e coisas

Meu muito amado filho Estêvão

Mamã porque vamos levar caixas vazias ao Refood, trabalhaste o dia todo vamos mas é para casa - dizias tu outro dia.
Estêvão tu já tens hoje as tuas causas. Os animais. Tratar bem os animais, soltar animais, dar festas, levar ao medico, ajudar os animais abandonados. Hoje com a tua idade é essa a tua causa e que bom.
Eu também tenho as minhas, reduzir o lixo (a pegada ecológica minha e tua) acabar com o plástico de uso único cá em casa e ajudar a acabar com o plástico de uso único no mundo, apanhar lixo na rua, reduzir o uso do carro, reduzir o consumo no geral, apoiar as mulheres vítimas de violência doméstica seja ela física emocional financeira cultural o que for, ensinar quem queira aprender e não tenha podido, ajudar a acabar com a fome seja ela de quem for, fazer chegar brinquedos a quem não tem e óculos a quem não os pode comprar, sê voluntário no geral.

Gosto que vejas que eu faço voluntariado não quando tenho tempo livre mas arranjo tempo no meio…

711 - Decisões dificeis.

Meu muito amado filho Estêvão




Amo-te infinitamente

Tua mãe

710 - Hoje vamos falar de guerra (tu não gostas ) mas hoje tem de ser

Meu muito amado filho Estêvão
Dia 11 de Novembro de 2018 celebrou-se o centenário do armistício (04:30 de 11 de novembro de 1918 e entrou em vigor às 11:00, pondo um ponto final na Primeira Grande Guerra). Tanto tempo pensas tu. Sim mesmo e quantas lições não se aprenderam e outras tantas que se aprenderam é certo. Não é aqui que vai aprender sobre o que foi a primeira guerra mundial um dia falamos sobre isso. Hoje quero falar-te do meu bisavó ele combateu nessa guerra. Tenente Coronel José Maria Pinto da Fonseca de seu nome, oficial farmacêutico que combateu na Batalha de La Lys. Nunca o conheci. Nunca. Mas ele partiu no CEP (Corpo Expedicionário Português) ou como se dizia na altura carne de exportação Portuguesa. Voltou vivo mas nunca mais dormiu, essa guerra era uma guerra de trincheiras e era usado gás neurotóxico e isso fez isso mesmo que ele nunca mais dormisse. Recebeu a medalha da vitória por isso mesmo. Medalhas pesam muito sabes filho? Ou como se dizia na altura pesam muito ma…

709 - Falar ao contrario

Meu muito amado filho Estêvão
Sabes aquele jogo dos contrários que jogamos às vezes ?
Pois aqui vai um texto ao contrário
Pode ser que um dia te ajude quando procurares companheira
"Não te apaixones por uma mulher que lê, por uma mulher que tem sentimentos, por uma mulher que escreve...
Não te apaixones por uma mulher culta, maga, delirante, louca.  Não te apaixones por uma mulher que pensa, que sabe o que sabe e também sabe voar, uma mulher confiante em si mesma. Não te apaixones por uma mulher que ri ou chora quando faz amor, que sabe transformar a carne em espírito; e muito menos te apaixones por uma mulher que ama poesia (estas são as mais perigosas), ou que fica meia hora contemplando uma pintura e não é capaz de viver sem música. Não te apaixones por uma mulher que está interessada em política, que é rebelde e sente um enorme horror pelas injustiças.  Não te apaixones por uma mulher que não gosta de assistir televisão.  Nem de uma mulher que é bonita, mas, que não se importa com …

708 - O cão preso e resmungão

Meu muito amado filho Estêvão

Uma coisa que pelo menos eu acho surpreendente é que sempre haverão pessoas que independentemente do que tu faças nunca te vão tratar bem e isso sempre te vai por triste mas olha não mudes a tua atitude continua o teu caminho e pensa que essa pessoa é quem precisa mais de luz, de amor.... como o cão que esta ferido.



Amo-te perdidamente

Tua mãe

707 - Hoje é um dia brutal mas brutal mesmo

Meu muito amado filho Estêvão

Hoje é o meu dia de aniversario hoje faço 44 anos. Caramba 44 anos.
Em 44 anos, nasci, aprendi a andar, a comer, a ler, a escrever e a contar, namorei muito, fiz faculdade, depois começei a trabalhar, depois viajei muito muito muito sempre em trabalho, casei e fui uma noiva muito bonita, fiz um doutoramento depois continuei a trabalhar sempre, depois fiquei doente mas doente assim a serio serio depois divorciei-me, depois fiquei melhor, depois nasceste tu depois fiz um mestrado depois mudei duas vezes de pais, depois voltei depois continuei a trabalhar depois fiz outro mestrado depois continuei a trabalhar, já ganhei 4000 euros por mes já ganhei 0 euros por mês, já tive dinheiro a sobrar já me faltou para o supermercado, já chorei muito de alegria e de tristeza, já perdi o meu pai, já perdi os meus dois avôs  duas avós e até um primo que gostava tanto, já namorei muito e já estive muito sozinha.... já fui tantas coisas e tive tantas coisas mas sabes o que n…

706 - Hoje nas palavras da minha querida madrinha

Meu muito amado filho Estêvão

Já te disse que o melhor da vida é ver a vida pelos óculos de outros e hoje mostro-te a vida pelos olhos da minha querida madrinha Conceição.


"Ao filho da minha querida afilhada Ana Júlia
Estevão Ao aceitar o desafio que a tua mãe me lançou decidi que seria realizado no dia 8 de Novembro, data muito especial para todos nós. Nasceu a minha querida afilhada, tua mãe, filha da minha grande amiga, a tua avó, e depois vieste tu...., filho tão desejado, o que nos encheu de muito alegria. Que te posso dizer que a tua mãe não te tenha já dito e escrito, e ainda por cima com um amor imenso? Desejar-te que, no teu caminhar, encontres boas companhias e bons amigos, que te ajudem a crescer harmoniosamente e a perceber quem és (os amigos também servem para isso...). Desejar-te discernimento para distinguires o bem do mal e força para seguir o bem. Desejar-te o dom da fé para que, sempre que as tuas certezas de infância se tornem dúvidas, te lembres que és cristão (eu fui…

705 - Sincronicidades da vida ou a vida está cheia de sincronicidades

Meu muito amado filho Estevão
Hoje quero falar-te de sincronicidades ... as aparentes coincidências da vida.
Sincronicidade é um conceito desenvolvido por Carl Gustav Jung para definir acontecimentos que se relacionam não por relação causal e sim por relação de significado. Desta forma, é necessário que consideremos os eventos sincronísticos não relacionados com o princípio da causalidade, mas por terem um significado igual ou semelhante. A sincronicidade é também referida por Jung de "coincidência significativa". O termo foi utilizado pela primeira vez em publicações científicas em 1929, porém Jung demorou ainda mais 21 anos para concluir a obra "Sincronicidade: um princípio de conexões acausais", onde o expõe e propõe o início da discussão sobre o assunto. Uma de suas últimas obras foi, segundo o próprio, a de elaboração mais demorada devido à complexidade do tema e da impossibilidade de reprodução dos eventos em ambiente controlado. Em termos simples, sincronicidade…