Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

155 - Escrever um livro, plantar uma árvore e outras coisas dessas

Meu muito amado filho Estêvão

Quando não estiver por alguma razão ao pé de ti e for uma noite de céu limpo procura Oríon e pensa em mim. É a minha constelação preferida.

Aprende de cor o teu poema de amor preferido.
O meu é este.

FlorBela Espanca "Ser Poeta"

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e cetim…
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente…
É seres alma e sangue e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

Quando estiveres completamente exausto, mas não puderes parar, lava a cara e as mãos, muda de peúgas e veste uma camisa lavada. Não imaginas como te vais sentir retemperado.

Sê tão (ou mais ) indulgente com as imperfeições dos teus amigos como és c…

154 - Ter ou não ter filhos

Meu muito amado filho Estêvão.
Um dia vais crescer e esta pergunta inevitavelmente (a menos que sigas a carreira religiosa e ai a resposta é logo não) vai surgir.
Queres ou não ter filhos?
Eu pessoalmente não entendo quem não queira ter não entendo que motivo pode haver e ao fazer a pesquisa que te vou deixar em baixo tive alguma dificuldade em entender.
Eu pessoalmente sei que a minha verdadeira vocação é ter filhos. Tu e mais. Mas agora e neste momento tu.
Acho que verdadeiramente só comecei a perceber a vida depois de nasceres. A sério.
Mas podes um dia ter um relacionamento com alguém que não possa ter filho (é diferente de não querer) se não puder e tu quiseres estar nesse relacionamento lembra-te que há muitas maneiras de seres fecundo (eu acho que esta é a palavra que descreve bem ter filhos, ser fecundo, ser para alguém que cá fica que nos segue que continua a tradição a história mesmo depois de nós já cá não estarmos) há adoptar, há apadrinhar, há o que queiras que te faça sentir e…

153 - Sai da tua zona de conforto

Meu muito amado filho Estêvão Mudar custa não é? Nunca te acomodes, nunca apenas permaneças por inercia ou porque custa mudar. Chama-se zona de conforto: sempre fiz assim, sempre foi assim, não me vou chatear e fica como está!!! Não faças isso. Vai avaliando sempre tudo o que acontece e corta o que estiver a mais. As vezes é preciso parar mesmo, respirar, sentir, meditar, enfim parar mesmo para depois andar para a frente. As vezes andamos tão ocupados com isto e aquilo e tudo ao mesmo tempo que não decidimos nada apenas mantemos o barco a tona. Parar, não é andar para trás é ganhar balanço para andar para a frente. Boa? Da minha experiencia pessoas sempre que fiz essas paragens saiu sempre algo de muito bom no fim. Não tenhas medo de sair da tua zona de conforto e de mudar e de fazer diferente. Sempre viveste ai não vou mudar Sempre comi assim e sempre assim vou comer Percebes? Na minha opinião todos nos aqui andamos neste planeta para evoluir para mudar-mos … se não o fizermos agora…

152 - Parabéns hoje em especial, sexo, alma e ser (a)normal

Meu muito amado filho Estêvão Hoje fazes 2 anos. Muitos parabéns e que contes muitos e muitos mais e que tenhas sempre saúde, paz, amor no coração e que sejas absurdamente feliz. Foram 24 meses de descobertas maravilhosas. Neste ano que passou aprendeste a andar, entraste na escola, ficaste sozinho comigo e depois não, e saíram-te os dentes todos, e aprendeste a dormir sozinho e a comer de tudo e a dizer muitas palavras. Estas a crescer e isso é fabuloso. Vamos continuar a acompanhar a tua vida a tua caminhada a tua jornada.
Hoje em especial tinha tanto para dizer mas vou falar-te apenas de algumas dessas coisas.
A alma é o segredo do negócio. É assim mesmo e não ao contrário. Mete alma, mete-te a ti em tudo quanto fizeres e será maravilhoso o resultado. Quando o que fazemos é nosso vem da alma sai sempre bem, porque te expressas como és. Se a tua expressão é pela fotografia, se a tua expressão é pela musica que compões ou pela que reproduzes, se a tua alma esta em cantar, em dançar, em e…

151 - Rebuçados para o mau hálito

Meu muito amado filho Estevão Vou-te dizer uma coisa que há uns anos a mim própria me faria rir às gargalhadas. Acredita no amor à primeira vista. Eu amei-te a primeira vez que te vi. Amei-te como nunca mais na vida vou conhecer igual. Mas esse é amor materno. Há também outros amores à primeira vista. Há amor a situações, há amor a coisas e amor a pessoas que te ficam tatuadas no coração. Vê-las uma vez e sabes. Sabes que não sabes porquê nem como nem quando nem de que maneira mas sabes que o que sentes por essa pessoa é amor. Sabes. Não te consigo explicar nem haveria como, alias nem tu na altura vais entender nada nem vais conseguir explicar a ninguém… mas vais sentir. Acredita em mim.
Nunca te rias dos sonhos de outra pessoa. Mas em circunstancia nenhuma. Parece-te ridículo que o sonho desta pessoa seja andar de balão, ou ter dinheiro suficiente para comprar um ramo de rosas à mãe, ou que sonhe ser o melhor futebolista do mundo? Apoia e aceita e em circunstância alguma te rias ou faç…

150 - Responde à chamada ....

Meu muito amado filho Estêvão Hoje quando te escrevo ainda és pequenino e o mundo evolui a uma velocidade tão grande que daqui a uns anos nem sei que maneiras haverão para as pessoas saberem umas das outras. Para se manterem em contacto umas com as outras. Seja como for acho que este conselho vai servir na altura também. Quando alguém te quiser falar, fala, retribui. Nunca ninguém esta assim tão ocupado, tão chateado, tão longe, tão sem cabeça que não consiga retribuir um contacto. Se te telefonarem. Telefona de volta. Se te mandarem correio eletrónico. Responde. Se te mandarem carta também. Se te quiserem falar pessoalmente pois fala. Se te mandarem sms, sinais de fumo, mensagem em rede social, apito de avião, o que seja. Responde. Nem que seja para dizer “recebi agora não tenho tempo/paciência/coragem para te responder”. Primeiro tu não é mais importante que ninguém para não corresponderes a um apelo de outra pessoa como tu. Ser humano a falar com ser humano qual é a dúvida? Não há dessas …

149 - Cenas de andar de avião

Meu muito amado filho
A primeira vez que andaste de avião tinhas 3 meses. E foste um êxito.

Andar de avião (ou vião como dizes agora que tens quase 2 anos!) é muito bom. É um meio de transporte como outro qualquer e serve para ir do ponto A para o ponto B que estejam longe um do outro de um modo rápido e fácil. Não é barato mas de facto é rápido e leva-te a sítios distantes que em trabalho ou lazer ou lazer com trabalho te vão mostrar experiências novas!
Alias pensa comigo viajar é dinheiro que gastas mas na realidade investes. Porque estas a investir em ti e no teu crescimento pessoal. Quando viajas conheces pessoas novas, culturas novas, musicas novas, paladares novos e isso só vai fazer com que sejas muito e muito feliz.

Quando viajares de avião não andes com malas de viagem luxuosas. Podem sugerir aos ladrões que lá dentro estão coisas valiosas.
Quando viajares, não ponhas na mala objectos de valor ou documentos importantes leva-os sempre contigo.
Quando viajares de avião leva sem…

148 - Exemplos, mãos, peixe e peru ....

Meu muito amado filho Estêvão
Lembra-te sempre de que um bom exemplo é o melhor sermão. Queres que te respeitem, respeita. Queres que te digam a verdade, não mintas. Queres que o teu filho coma bem, come tu também. Queres que o teu filho seja feliz, luta para o seres também. É isso mesmo "Faz o que eu faço (e digo)".

Sempre que tiveres oportunidade, dá a mão aos teus filhos. Depressa virá o tempo em que eles não deixarão que o faças. Dá mão, dá beijos, dá colo, dá mimo, dá ralhetes, dá abraços.

Quando partires um bolo, trinchares uma peça de carne ou abrires um peixe, dá o primeiro bocado à pessoa mais velha na mesa e o segundo à pessoa que cozinhou (menos se essa pessoa foste tu).

Vive uma vida boa e honrada. Não pises as pessoas pelo caminho. Quando fores mais velho e olhares para trás, poderás usufrui-la uma segunda vez. E faz dessa vida boa uma vida brutalmente feliz. De amor.

Limpa um frasco de compota assim que o sujares, limpa uma bancada assim que a sujares... perdes…

148 - Morrer é só não ser visto

Meu muito amado filho Hoje vou falar-te de um assunto que não interessa nada. Que nem importa. Nem é bom falar. Nem ninguém quer saber. Mas como o meu objetivo aqui é falar de tudo vou falar de tudo mesmo, mesmo sobre morrer. Um dia vais perder alguém que amas muito. Eu vou morrer. A avó, a tia, o teu melhor amigo, o vizinho, aquele amigo de escola. Um dia vais saber que o teu amigo está doente, ele que é maravilhoso está tão doente. Vai morrer. Um dia vais pensar que aquela pessoa que é tão péssima continua viva e cheia de saúde quando aquela pessoa tão boa que tanto gostas está tão doente. Um dia a filha do teu grande amigo vai estar doente, tão doente, e a tua alma vai ficar apertada. Bem apertadinha por ele, porque gostas tanto dele e te compadeces da sua dor. Porquê ela? Porque não outra pessoa qualquer? Um dia vais saber que a pessoa que mais amas no mundo, o teu sol, o teu chão, o teu ar, está doente, vai morrer, ou sabes que morreu mesmo sem um adeus, sem nada nada simplesmente morr…

147- Fazer o correcto

Meu muito amado filho Estevao

Na tua vida vais te cruzar com muitas pessoas e muitos momentos fáceis e dificieis, faz sempre o que achares que e correcto fazer, independentemente do que os outros possam pensar.

Sempre que fores a uma entrevista para um emprego leva gravata, nem que o emprego seja descarregar caixas.

Sempre que julgares outra pessoa, põe-te na posição dela. Como não vais conseguir não julgues.

Quando cumprimentares uma senhora com um aperto de mão, não o facas com mais forca do que ela.

Adopta sempre uma postura aberta e disponível. A próxima pessoa que encontrares e uma pessoa como tu e pode até tornar-se o teu melhor amigo.

Nunca laves o carro, nem cortes a relva, nem escolhas uma arvore de natal depois do escurecer.

A vida dar-te-a muito de vez em quando momentos profundamente mágicos saboreia-os e guarda-os para sempre na tua lembrança. Vão encher a tua alma.


Amo-te como floquinhos de neve



Tua Mae

146 - Elogia

Meu muito amado e querido filho
Toda a gente gosta de ouvir elogios. Procura tenazmente formas de elogiar os outros.
Mas faz quando for sincero e sem esperar que te elogiem de volta
O elogio deve ser sempre grátis e como o obrigada
Encontra sempre algo a elogiar, a roupa, a dieta, o prato cozinhado, um feito, a capacidade de luta, a coragem, a falta dela, a beleza, há sempre algo bom
Elogia sempre
Não importa se és muito amigo, família ou quase desconhecido
Elogia
Encheras o dia de alegria a alguém, e isso só por si e espectacular

Amo-te como ao sol só meio dia


Tua Mae e

145 - Prova e aprova

Meu muito amado filho Estêvão

Quando fores a um restaurante de comida internacional (daquela que não é igual ao que comes em casa)... prova de tudo e come alguma coisa que não possas/saibas/consigas comer em casa.
Sempre.


Amo-te muito



Tua mãe

144- Ser pai

Meu muito amado filho Estêvão
quando fores pai, padrasto, pai de coração, pai de aluguer, avó, avó emprestado ou sei lá que mais.
Primeiro não te prendas com o que é suposto ser normal... quem diz o que é normal? Amas? Então é normal.
Não te prendas com regras não faças isso filho por favor. Deixa a vida levar-te e o amor surpreender-te.
Se não saiu de ti mas é o teu amor, ama e ajuda no caminho.
E mais seja qual foi o tipo de pai ou avó que vais ser... de mamar não podes dar mas tudo o resto podes e vais saber fazer.
Levanta o rabo da cama e vai mudar fraldas, vai pegar ao colo, vai dar naninha (mimo) ... be a part of it e não apenas o pai.

Vais ver que é optimo se assim for.

Foi assim que foste criado faz seguir essa mágica.


Amo-te como as estrelas do céu



Tua mãe

143 - Relacionamentos bons, maus e assim assim

Meu muito amado filho

Como tua mãe tenho de te ensinar coisas, hoje vou te ensinar uma que te deves lembrar sempre.
Quando terminares um relacionamento, não importa que tipo de relacionamento era, quanto tempo durou, porque acabou ou se a alma e o coração te doem como se de sapatos apertados se tratasse.
Se alguém de fora desse relacionamento te perguntar porque é que esse relacionamento acabou responde só e sempre: "a culpa foi minha". Sem mais. Tenhas "mais" ou "menos" culpa, como para dançar o tango são sempre dois e quando alguém te pisa é porque tu tinhas o pé em baixo. A culpa é sempre tua de alguma maneira e é só isso que deves dizer.
Assume a tua parte e o resto não importa nada.
E porque as pessoas adoram meter-se na vida uma das outras (não é por mal, as vezes é mesmo de te querer bem é mesmo de amizade, de carinho!) ... se alguém quiser fazer contigo a conversa... "ainda bem que terminaram ela não te merecia! era isto ou aquilo! só sabia f…

142 - Substituição de palavras

Meu muito amado filho Estêvão

A palavra é poderosa, da mesma maneira que o corpo vai para onde estiver virada a cara... a mente, logo a acção vão ar onde a palavra te indicar.
Em vez de usares as palavras "se ao menos", usa antes "para a próxima".
Substitui a palavra "problema" pela palavra "oportunidade".

De vez em quando quando as palavras não te saírem da boca como queres, se tiveres medo de saírem mal porque o coração as vezes bate alto a as palavras saem erradas, escreve... dizem as pessoas que sabem da vida que escrever torna reais as coisas, concretizam-nas, orientam, limam e isso normalmente faz muito bem.


Quando sentires que precisas realmente de ajuda, não demores muito a pedi-la.

Amo-te como as cerejas




Tua mãe

141 - Deixa ir

Meu muito amado filho
Eu acho que nada na vida é por acaso. Nós não somos canoas sem rumo num rio cheio de fundões.
Tudo. TUDO. Acontece por uma razão e no tempo que tem de acontecer. Não adianta querer adiantar o tempo, ou querer prolongar o tempo.
Tudo acaba bem também (ou para o teu bem) e se não esta bem ... então não acabou. Mesmo que às vezes aches que o bem não era isso, ou que o que te acontece seja tão mau que não pode vir bem nenhum dai... tira dai a ideia! Tudo é para o teu bem. Tudo.
Para aprenderes e andares para a frente.
Todas as pessoas que se cruzam na tua vida tem lições a ensinar-te... aprende-as e deixa-as ir (as pessoas não as lições).
Há pessoas que sempre vão ficar na tua vida, porque te amam demais e as vezes melhor outras vezes pior as vezes à bruta outras vezes mais meigo elas sempre encontram maneira de ficar perto de ti... as vezes mesmo estando muito longe geograficamente. Mas há pessoas que só tem de ficar contigo até aprenderes tudo o que elas te têm de …

140 - Tolerância

Meu muito amado filho Estêvão Há muito que não te escrevo não porque não tenha nada a dizer mas porque tenho tido muito pouco tempo para converter em palavras tudo o que te quero dizer. Não voltará a acontecer. Eu já te disse antes que tenho muito medo de fazer coisas erradas contigo. Tenho mesmo. Tenho medo de trilhar caminhos que depois eram pelo outro lado. É muito comum nas pessoas crescidas fazerem essas asneiras. Acho que sábio sábio és tu que és puro de coração. Acho que hoje te queria falar de memória. É muito importante ter memória. Das experiências aprendemos sempre muito, e é para isso que andamos por cá para irmos aprendendo e conhecendo e evoluindo e andando para a frente. Mas não te prendas a elas sem evoluíres. O que te quero dizer é que por alguma coisa não ter corrido bem de uma maneira não julgues sempre tudo por essa experiência. O que te quero dizer é muito simples. Na tua vida vais conhecer quem te minta. Não passes a desconfiar de todos por essa mentira. Na tua …