Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

209 - Lições de vida de alguém mais sábio.... muito mais sábio que eu!

Meu muito amado filho Estêvão As vezes pode parecer um lugar comum falar de ser feliz, falar de amor, falar de caminho.... mas não é. Olha amor sabes, ser feliz não é um destino é um caminho todos os dias há sempre razões para sermos felizes. O feliz é no agora e jamais no futuro. Haa e tal vou ser feliz na 6ª feira porque depois vem o fim de semana, vou ser feliz quando me reformar... mas depois nem chego la! Amor todos os dias .... todossssssss os dias é o caminho da felicidade é no agora e não no amanha que és feliz. Hoje vou te deixar pensamentos de sábios que te falaram de coisas de um modo muito mais especial que eu .... aqui te deixo alguns pensamentos de pessoas muito iluminadas!
"A impaciência de ainda não ter é sinónimo da tua infelicidade, pois tudo o que precisas para SER Feliz encontra-se neste momento... Vive o AGORA!"  Jorge Coutinho
Amor .... é sempre no agora .... é sempre com chuva ou sol, ou muito ou pouco ou a correr ou a saltar é sempre sempre no hoje e não no …

208 - Acorda uns minutos mais cedo

Meu muito amado filho Estêvão
Sempre que possas não te levantes logo logo que o despertador toque... deixa-te estar na ronha... só a rodar de um lado para o outro deixa-te estar... a descansar da noite de sono.
Eu pessoalmente as minhas melhores ideias vieram-me nessa altura sempre.

Eu adoro. É o teu tempo.


Amo-te demais



Tua mãe


207 - Errar, sorrir, pagar, dar a chave de casa e momentos mágicos

Meu muito amado filho Estêvão

Quando te aperceberes de que cometeste um erro, tenta corrigi-lo imediatamente.

Sê impiedosamente realista com as tuas finanças e não envolvas os teus nas tuas despesas.

Sorri quando atenderes o telefone. Quem estiver do outro lado percebê-lo-á pela tua voz.

Traça metas elevadas para os teus empregados e ajuda-os a atingi-las.

Paga as tuas contas a tempo e horas. Se não puderes, escreve uma carta aos teus credores a explicar a situação e paga sempre qualquer coisa todos os meses nem que seja só uma pequena quantia... lembra-te que grão a grão enche a galinha o papo.

Faz os teus deveres a aprende tudo o que deves saber, mas não te esqueças de que é a paixão que convence.

Não percas tempo a tentar descobrir valor na música de que não gostas. Passa antes esse tempo a ouvir a música que te agrada.

Põe sempre qualquer coisa na bandeja das esmolas.

Quando fechares um negocio, se a outra pessoa te sugerir que deixem os detalhes para mais tarde, diz-lhe "Com…

206 - Alimentação e a vida

Meu muito amado filho Estêvão

Nunca te deites cheio. Nunca. Come menos à noite do que nas restantes refeições do dia e não vás para a cama logo de seguida.

Lembra-te de uma regra que existe em bom português "O pequeno-almoço deve ser de rei, o almoço de príncipe e o jantar de pobre"

Come bem de manha e vai comendo progressivamente menos ao longo do dia

Amo-te como à minha vida



Tua mãe

205 - Alegria, honestidade e os dias menos felizes

Meu muito amado filho Estêvão

Nunca deixes que alguém abandone a tua presença sem que receba uma palavra de apreço.
Seja qual for a circunstancia desde a mais feliz, a mais triste como uma conversa a despedir um funcionário, ou uma conversa a terminares uma relação, nunca deixes que uma pessoa deixe a tua presença sem que lhe digas algo verdadeiramente bom.
As pessoas, está na natureza humana, tendem a fixar as coisas más, as desagradáveis e essa memória fica... que a ultima coisa que tu digas a alguém não seja uma coisa desagradável... nunca sabes se vais voltar a ver essa pessoa.
Quando falas com alguém elogia sempre algo, porque há sempre algo a elogiar. E não faças do elogio a alguém um elogio a ti. Agradece e elogia mesmo a outra pessoa.
Que quem se afasta de ti leve sempre palavras agradáveis.
Vais terminar um relacionamento com alguém lembra as coisas boas, fala só dessas, das coisas maravilhosas que aconteceram... não remoas o que foi mau... são lembranças muitíssimo difíceis …

204 - Bem-estar vs felicidade, perdoar e papel higiénico

Meu muito amado filho Estêvão

Jamais confundas bem-estar com felicidade. Como não deves confundir agora com para sempre.

Não confundas riqueza com sucesso. Sucesso constrói-se, riqueza conquista-se.

Sê sempre o primeiro a perdoar.

Quando estiveres numa consulta médica, nunca deixes o médico interrompê-la ou acabá-la antes do tempo. São o teu corpo e o teu dinheiro que estão em causa. Não saias enquanto não te deres por satisfeito com as respostas às tuas perguntas.

Sempre que fores devolver ou trocar algum artigo, vai de casaco e gravata.

Vê sempre se há papel higiénico antes de te sentares na sanita.

Se trabalhares numa organização onde as decisões sejam tomadas por um conselho, arranja maneira de pertenceres a esse conselho.

Nunca pares um desfile para apanhar uma moeda do chão.

Se tomares café sem açúcar trás o pacote contigo, se comeres batatas sem ketchup trás o ketchup contigo, se não gastares as amostras de shampoo de um hotel trás-las contigo.

Cria o hábito de ler qualquer coi…

203 - Não deixes...

Meu muito amado filho Estêvão
Não deixes que o mundo te faça perder a doçura a alegria.
Não deixes que as atitudes dos outros mudem as tuas.
Não mudes o teu modo de agir porque os outros não retribuem o bem feito.
Nunca.
Deixa-te ir.
Deixa que o amor reine e acredita sempre no bem mais.
Acredita sempre que tudo vem do bem e jamais do mal.
E não mudes, não te angusties com nada nem te aflijas com coisa nenhuma.
Deixa sempre o coração falar mais alto.


Amo-te muito



Tua mãe

202 - Receita de bolo de bolacha

Meu muito amado filho Estêvão

Aqui te deixo uma receita de Bolo de Bolacha.... hummmm


ingredientes:2 emb. bolacha-maria
4 gema(s) de ovo
125 g manteiga
250 g açúcar
1 caneca café muito forte
côco ralado
bolocha-maria ralada
preparação:1. Bater as gemas, o açúcar e a manteiga muito bem até a mistura ficar cremosa.
2. Fazer café forte e passe as bolachas, uma a uma pelo café, não muito quente, e deixam-se arrefecer.
3. Coloca-se uma primeira fiada de bolachas num prato, como por exemplo em forma de flor, e depois barra-se com o creme.
4. Depois volta-se a colocar outra fiada de bolachas embebidas em café e depois o creme, e assim sucessivamente.
5. Por fim barra-se o bolo por fora e polvilha-se com o coco ralado e bolacha ralada.



Amo-te demais!
Tua mãe

201 - Apertar os sapatos

Meu muito amado filho Estêvão
Apertar os sapatos ai está uma coisa que não gosto de fazer mas que tem de ser... deixo-te aqui hoje algumas instruções ....


200 - Fotografias, abrandar, consequência e como a vida é maravilhosa

Meu muito amado filho Estêvão
Quando tirares fotografias a pessoas que não estejam contigo sei lá numa festa de anos, num encontro, garante que depois as envias ou em papel ou por email ou de outra maneira qualquer. Faz isso mesmo sem as pessoas te pedirem.


Quando levares uma senhora a casa, só depois de ela entrar é que te deves vir embora.

Quando arranjares um animal de estimação, põe-lhe o nome só passados vários dias de o teres em casa. Há-de acabar por te ocorrer o nome indicado para ele.

Festeja todos os anos o dia em que conheceste a tua mulher. Sempre.

Trata sempre os teus empregados com o mesmo respeito com que tratas os teus clientes.

Abranda. Abranda realmente nas zonas onde houver escolas.

Deixa que sejam sempre os teus filhos a enfrentar as consequências dos seus actos. Independentemente da idade deles.

Sê rápido a tirar proveito duma vantagem.

Não contes que os melhores presentes venham embrulhados em papéis muito bonitos.

Podes ter sorte e muito trabalho (ter sorte dá m…

199 - Coisas complicadas que as mães têm de fazer, erros e ganhar, perde, viajar e coisas boas

Meu muito amado filho Estêvão hoje vou te deixar aqui algumas dicas soltas de coisas que para mim são muito importantes.

Quando viajares para algum lugar leva sempre uma faca e uma colher na mala. Sempre.

Quando viajares para algum sitio que não conheças antes de partir informa-te sobre o clima e coisas importantes para veres.

Ganha sem te vangloriares.

Perde sem te desculpares.

Observa sempre a tua atitude. Faz esse difícil exercício de pensares se fosse a mim eu gostaria que me fizessem isso assim? A tua atitude é a primeira coisa em que as pessoas reparam em ti.

Mesmo nas viagens pequenas leva sempre lenços de assoar, a tua almofada, sapatos de quarto e algo para ler e escrever.

Se algum dia considerares alguém "como se fosse meu filho/filha", "como se fosse minha mãe", "como se fosse meu irmão"... pensa bem antes de fazeres isso ou dizeres isso... como se fosse teu filho é para ser tratado como filho, bem cuidado, bem conversado, bem acompanhado... como se f…

198 - Leva sempre tennis

Meu muito amado filho Estêvão

Sempre que viajares de avião, carro, a pé, de bicicleta enfim sempre que saíres de casa leva sempre os tennis para poderes correr onde fores
Vais gostar.

É a melhor maneira de conhecer os sítios

Amo-te muito



Tua mãe

197 - Dinheiro, decisões com ele, trabalho e suas características, pessoas e porque tudo complica

Meu muito amado filho Estêvão
Hoje quero falar-te de algumas coisas todas diferentes mas todas muito importantes para mim e que penso tenho de te transmitir.

O dinheiro não é tudo na vida. Tu não és mais nem melhor pelo dinheiro que tens NÃO ÉS e mete isso na cabeça. Mas o dinheiro é um mal necessário (ou será bem necessário?) fonte de muito stress, fonte de muitas confusões, fonte de grandes problemas na vida das pessoas e dos casais. Há um ditado bem Português que diz "em casa onde não há pão todos ralham e ninguém tem razão" ... e é mesmo assim o dinheiro é muitas vezes fonte de problemas e discussão.

Aprender a lidar com o dinheiro que é sempre pouco (alias sendo pouco ou não é como o petróleo é um bem não renovável, não é infinito, não é eterno e temos hoje quem sabe amanha?). Não sejas forreta é um defeito horrível, partilhar é fundamental... mesmo mesmo mesmo... partilha com a tua família com os teus amigo com quem tem menos.... o dinheiro não trás por si nenhuma feli…

196 - Que vida vives afinal???

Meu muito amado filho Estêvão Hoje li esta frase escrita por alguém muito mais sábio que eu que perguntava o que te transcrevo a seguir ao neto:   "Filho, tu vives a vida que os outros querem que tu vivas, ou vives a VIDA que TU escolheste VIVER?" Que pergunta mais maravilhosa não achas? Que pergunta que nos faz pensar! Acho que a evolução do mundo a vida em sociedade tem constrangimentos que nem sempre são fáceis de lidar… o viver em sociedade implica muitas vezes fazermos aquilo que a sociedade (leia-se os outros) querem que façamos e não aquilo que queríamos de facto fazer. Acho que da mesma maneira que a evolução nos trouxe a verticalidade no andar também nos direcionou o modo como é correto e não viver. Peço-te de coração que vivas a vida que queres viver mesmo, a vida que te faz feliz, a vida que realiza a tua missão de vida, a vida que vieste a este mundo viver e não a vida que eu ou o resto do mundo quer que vivas. Descobre o teu caminho, aquele que te completa que te faz …