quinta-feira, 26 de setembro de 2013

207 - Errar, sorrir, pagar, dar a chave de casa e momentos mágicos

Meu muito amado filho Estêvão

Quando te aperceberes de que cometeste um erro, tenta corrigi-lo imediatamente.

Sê impiedosamente realista com as tuas finanças e não envolvas os teus nas tuas despesas.

Sorri quando atenderes o telefone. Quem estiver do outro lado percebê-lo-á pela tua voz.

Traça metas elevadas para os teus empregados e ajuda-os a atingi-las.

Paga as tuas contas a tempo e horas. Se não puderes, escreve uma carta aos teus credores a explicar a situação e paga sempre qualquer coisa todos os meses nem que seja só uma pequena quantia... lembra-te que grão a grão enche a galinha o papo.

Faz os teus deveres a aprende tudo o que deves saber, mas não te esqueças de que é a paixão que convence.

Não percas tempo a tentar descobrir valor na música de que não gostas. Passa antes esse tempo a ouvir a música que te agrada.

Põe sempre qualquer coisa na bandeja das esmolas.

Quando fechares um negocio, se a outra pessoa te sugerir que deixem os detalhes para mais tarde, diz-lhe "Compreendo, mas gostava de arrumar já o assunto". Não te levantes da mesa enquanto não o fizeres. Sempre.

Pergunta a ti próprio se não tens problemas em dar a chave da tua casa aos teus dois melhores amigos. Se tiveres, arranja novos amigos.

Pelo menos de 6 em 6 meses pensa quais são as 4 coisas mais importantes na tua vida. Escreve num papel. E pensa é só nessas 4 coisas que deves investir o teu tempo, saúde, dinheiro, vida. Só nessas.

Pelo menos de 6 em 6 meses pensa quem são os teus 3 heróis. E pensa sempre porque fizeste tu essa escolha. Anota os teus motivos e pensa o que tens feito para atingir esses ideias que identificaste nos teus heróis. Faz por isso.

Faz sempre o que achares correcto, independentemente do que os outros possam pensar. Mas lembra-te que as tuas acções terão sempre em ti e nos outros consequências por isso pensa nelas quando agires. Os outros podem não saber lidar com as consequências das tuas acções e tu talvez não saibas lidas com isso mais tarde.

Sempre que fores a uma entrevista de emprego, nem que seja um emprego para descarregar caixas.... leva gravata.

Quando pensares em criticar uma pessoa não o faças. Nunca.

Quando pensares em julgares outra pessoa não o faças. Mas se o fizeres põe-te no lugar dela.

Nunca julgues alguém por algo que outra pessoa te disse que essa pessoa fez. Pergunta antes. O "diz que diz que fez" nunca é bom para julgar. A verdade vem sempre da conversa do diálogo sincero e verdadeiro. Sempre.

Quando cumprimentares uma senhora com um aperto de mão, não o faças com mais força que ela.

Adopta uma postura aberta e disponível. A próxima pessoa que encontres pode tornar-se a pessoa que te vai mudar a tua vida.

Quando não te apetecer ter uma qualquer conversa naquele momento diz isso mesmo "desculpe agora não vou ter esta conversa contigo combinamos para amanha?" .... não deixes no vazio.

A vida vai dar-te sempre sempre sempre sempre momentos mágicos. Aproveita-os e saboreia-os.

Por mais que o desamor te tenha apertado o coração, acinzentado a vida, apertado a alma... pensa que amar é a natureza mais pura mais funda de todos nós. Nunca podes escolher não amar. Podes escolher não estar perto, não ficar, não estar.... nunca não amar. Nunca. E não tenhas tão pouco essa ambição.

Põe de parte os sonhos que tiveres em relação aos teus filhos e ajuda-os a realizar os deles. Mesmo que não aches a melhor escolha. Mesmo, mesmo.

Veste-te ligeiramente melhor do que os teus clientes mas nunca tão bem como o teu patrão. E o mesmo se aplica ao carro que tens.

Vai sempre pela escada quando tiveres de subir quatro lanços ou menos.

Nunca faças uma ameaça se não consegues ou tencionas cumprir.

Aprende a poupar, mesmo que o teu ordenado seja baixíssimo. Se o fizeres, podes estar quase certo de vir a ter uma boa situação financeira.

Compra um carro usado com tanto cuidado como um homem nu sobe uma vedação de arame farpado. E jamais tenhas vergonha de pedir ajuda a quem sabe mais do que tu sobre esse assunto.

Orienta-te sempre pelos padrões mais elevados. Sempre.
Não negues a tua consciência.

Todos os dias para uns minutos, senta-te, fecha os olhos, descalça-te e respira... não deixes que ninguém te tire esse tempo teus.

Tem sempre ovos e picante em casa.

Larga o teu ego. Não vivas para ter razão. Não mesmo. Deixa fluir.


Amo-te



Tua mãe

Nenhum comentário:

Postar um comentário