terça-feira, 24 de setembro de 2013

204 - Bem-estar vs felicidade, perdoar e papel higiénico

Meu muito amado filho Estêvão

Jamais confundas bem-estar com felicidade. Como não deves confundir agora com para sempre.

Não confundas riqueza com sucesso. Sucesso constrói-se, riqueza conquista-se.

Sê sempre o primeiro a perdoar.

Quando estiveres numa consulta médica, nunca deixes o médico interrompê-la ou acabá-la antes do tempo. São o teu corpo e o teu dinheiro que estão em causa. Não saias enquanto não te deres por satisfeito com as respostas às tuas perguntas.

Sempre que fores devolver ou trocar algum artigo, vai de casaco e gravata.

Vê sempre se há papel higiénico antes de te sentares na sanita.

Se trabalhares numa organização onde as decisões sejam tomadas por um conselho, arranja maneira de pertenceres a esse conselho.

Nunca pares um desfile para apanhar uma moeda do chão.

Se tomares café sem açúcar trás o pacote contigo, se comeres batatas sem ketchup trás o ketchup contigo, se não gastares as amostras de shampoo de um hotel trás-las contigo.

Cria o hábito de ler qualquer coisa inspiradora e alegre antes de adormeceres.

Casa com uma mulher com quem adores conversar. Quando envelheceres, darás tanto valor a essa capacidade dela como a algumas outras.

Transforma os inimigos em amigos, tendo um gesto simpático para com eles.

Sê tão amável para o porteiro como para o presidente do conselho de administração. E sabe sempre o nome do funcionário da limpeza e de todos os outros.

Mete-te na tua vida.

Lembra-te de que quem é estouvado com o dinheiro também o é com as outras coisas.

Lembra-te que a melhor maneira de preveres o comportamento de alguém é veres os comportamentos passados.

Lembra-te de que quem te trair uma vez vai fazê-lo mais vezes.

Se tiveres vontade de fazer uma coisa e sentires lá no fundo que é isso mesmo que deve ser feito, fá-la. Muitas vezes a intuição é tão importante como os factor.

Não te metas em atalhos.

Aprende a fazer pão, bolo e arroz.

Toda a gente gosta de ouvir elogios. Procura tenazmente formas de elogiar os outros.

Passa todos os dias algum tempo por pouco que seja sozinho.

Sê original, se isso implicar ser um pouco excêntrico, sê-o.

Toda a gente merece um bolo de aniversário. Nunca festejes um aniversário sem bolo.

Dá a mesma atenção às coisas que estão a correr bem na tua vida como às que estão a causar-te problemas.

Jamais adies uma consulta médica que tenhas marcado.

Mostra-te sempre aberto à mudança, mas nunca abdiques dos teus valores.

Seja uma preocupação ou a pintura dum quadro, o importante é aprenderes a parar. E parar mesmo.

Não esperes que alguém saiba o que queres de presente de Natal ou de aniversário se não o disseres a ninguém.

Se os teus amigos, mulher ou filhos te estiverem a preparar uma surpresa e tu descobrires ... disfarça.

Antes de começares uma viagem longa enche o depósito do carro e esvazia a tua bexiga (e em especial a dos teus filhos).


Amo-te demais



Tua mãe

Nenhum comentário:

Postar um comentário