Pular para o conteúdo principal

200 - Fotografias, abrandar, consequência e como a vida é maravilhosa

Meu muito amado filho Estêvão
Quando tirares fotografias a pessoas que não estejam contigo sei lá numa festa de anos, num encontro, garante que depois as envias ou em papel ou por email ou de outra maneira qualquer. Faz isso mesmo sem as pessoas te pedirem.


Quando levares uma senhora a casa, só depois de ela entrar é que te deves vir embora.

Quando arranjares um animal de estimação, põe-lhe o nome só passados vários dias de o teres em casa. Há-de acabar por te ocorrer o nome indicado para ele.

Festeja todos os anos o dia em que conheceste a tua mulher. Sempre.

Trata sempre os teus empregados com o mesmo respeito com que tratas os teus clientes.

Abranda. Abranda realmente nas zonas onde houver escolas.

Deixa que sejam sempre os teus filhos a enfrentar as consequências dos seus actos. Independentemente da idade deles.

Sê rápido a tirar proveito duma vantagem.

Não contes que os melhores presentes venham embrulhados em papéis muito bonitos.

Podes ter sorte e muito trabalho (ter sorte dá muito trabalho!) e ganhar muito dinheiro, mas o teu trabalho deve sempre enriquecer tanto o teu espírito como a tua conta bancária.

Quando alguém que conheças como pessoa de bem se candidate a um lugar político, apoia-os com o teu tempo e dinheiro.

Quando precisares de conselhos de um profissional, recorre a um profissional e não a um amigo teu. Isto vale para um médico, um advogado, um electricista enfim...

Lembra-te que muitas vezes o silêncio é a melhor resposta.

Lembra-te que vão haver pessoas no mundo que tu vais gostar muito muito muito e que simplesmente tu não podes ficar ao pé deles... se ficasses estarias a fazer-te a ti muito mal. Deixa ir.

Nunca compres um colchão barato.

Veste-te sempre de modo adequado à tua idade. Não sejas novo e te vistas como os velhos, nem sejas um homem adulto e te continues a vestir como se ainda fosses um jovem adolescente. Para tudo na vida há tempo. Goza-o no tempo certo, aprende e evolui para deixar novas sensações entrarem, novas vivências surgirem.

Não penses que podes descansar na tua busca da felicidade, porque já chegaste aqui ou ali. A felicidade jamais é o destino mas sim o caminho e a felicidade só se obtém agindo sem medos. Deixando a roupa velha no armário em conquista de pele nova... como a cobra.

Não ponhas de parte uma boa ideia apenas por não gostares da sua origem.

Pelo menos uma vez na tua vida leva a passar férias contigo e com a tua família uma criança que não tenha essa possibilidade e faz com ela tudo o que fazes com a tua família.

Escolhe uma igreja que tenha músicas alegres.

Tudo o que fizeres na tua vida põe alma, põe coração, põe alegria. Tudo.

Não percas tempo à espera de inspiração, começa e a inspiração acabará por vir ao teu encontro.

Não acredites em tudo o que oves, não gastes tudo o que tens, nem durmas tanto tempo como queres.

Quando disseres "amo-te" fala a sério.

Quando disseres "desculpa" olha a pessoa nos olhos.

Quando te pedirem para fazeres um discurso jamais de demores mais que 30 minutos. E no fim agradece sempre.

Namora pelo menos seis meses antes de te casares.

Sempre que saíres em viagem nem que seja um só dia de ao pé dos teus filhos... no regresso trás uma lembrança pequena nem que seja um rebuçado e assim que chegares ao pé deles larga tudo abraça-os e diz-lhes o quanto tiveste saudades deles. Nada é mais importante que isso e não importa que idades tenham. Faz sempre isso.


Amo-te como a mar



Tua mãe

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

69 - Os cães ladram e a caravana passa

Amado filho
Os “cães ladram e a caravana passa” é um proverbio árabe muito usado ainda hoje e que simboliza ainda muito do nosso comportamento humano.
Observa a maravilha de contradição existente no meio da afirmação. O estacionário e o evolutivo. Sabe-se que seguir adiante é da constituição das caravanas (e das pessoas), tal qual ladrar é da constituição dos cães. Aliás, os cães apenas ladram para avisar a seus donos a aproximação de algo que não faz parte de seu habitat convencional, ou quando desejam fazer festa para algum conhecido. Também é da sua constituição manterem-se próximos aos locais onde vivem, como se fossem limitados por um círculo invisível. No primeiro caso, não importa que a caravana tenha boas notícias, nem remédios importantes, basta que não seja daquele local. No segundo, o latido é diferente, mas é latido. Mas se ambos agem de acordo com suas constituições o que há de excecional na expressão? Exatamente o sentido de um permanecer estacionado e do outro seguir semp…

665 - Deixa-me dizer-te algumas coisas que se calhar não vais ouvir de mais ninguém

Meu muito amado filho Estêvão

"Querido filho, deixa-me dizer-te algumas coisas que se calhar não vais ouvir de mais ninguém. 
Os teus pais fizeram sempre o melhor que souberam fazer. 
E os avós também fizeram isso com os pais. 
Ninguém é melhor do que ninguém. 
Andamos todos às apalpadelas nesta coisa a que chamam vida. 
Ser feliz é o objetivo e cada pessoa tem uma noção diferente do que é a felicidade. Respeita isso. Deixa-me dizer-te que, quando nasces, já existe um Sistema onde se tabela logo que vais passar 12 anos a estudar e mais cinco na universidade. São 17 anos da tua vida. Tenta aprofundar as matérias que mais interesse te despertem e nunca - mas nunca - escolhas um curso só porque tem mais saídas profissionais. É que depois, diz o tal Sistema, vais trabalhar mais 40 anos até à reforma e, pelo menos, tens que gostar de fazer o que fazes para não caires no consultório de um psiquiatra que te receita umas pílulas da alegria que só mascaram a dor (os anti depressivos são os cosm…

527 - Uma carta de despedida de um filho a uma mãe

Meu muito amado filho Estêvão

Hoje partilho contigo uma carta de um filho que acabou de perder a sua mãe.


Hoje, perdi a mulher mais importante da minha vida. Ainda de manhã te dei um beijo. Foi o último correspondido. Agora já não vou voltar a chegar a casa e ver-te. Vai ser um vazio que nunca será preenchido, mas que fará parte de mim até ao fim dos meus dias.  Educaste-me de uma maneira que nunca pensei que fosse possível. Nunca me faltou nada e trabalhaste dia e noite para que assim fosse. Só posso dar graças a todos os sacrifícios que fizeste, a todas as birras que aturaste, a todos os meus caprichos que atendeste, a todo o carinho que tu me deste, sei que a minha vida inteira não chegará para te agradecer o suficiente, mas vou tentar. Vais-te orgulhar no homem em que me tornei, me estou a tornar e me irei tornar. Vou viver a minha vida sabendo que agora tenho mais um anjo a olhar por mim, mais uma estrela a guiar-me. Vou fazer a minha vida como a sonhei, vou viver os meus sonhos por…