Pular para o conteúdo principal

348 - Não desistir, viver o presente e deixar fluir

Meu muito amado filho Estêvão

Tenta substituir "não consigo", "vou desistir" por... "vou tentar outra vez"! 

Há um texto do Papa João XXIII que se chama "Decálogo da serenidade" e que gosto muito de ler e que aqui te deixo

"Hoje, só por hoje, procurarei viver o presente, sem querer resolver os problemas da minha vida de uma só vez. 
Hoje, só por hoje, vestirei com sobriedade, não levantarei a voz, serei gentil, não procurarei melhorar a ninguém a não ser a mim mesmo. 
Hoje, só por hoje, serei feliz na certeza de que fui criado para ser feliz não só no outro mundo, mas também neste. 
Hoje, só por hoje, adaptar-me-ei às circunstâncias sem pretender que todas elas se adaptem aos meus desejos. 
Hoje, só por hoje, dedicarei dez minutos a uma boa leitura, lembrando que é alimento necessário para a alma. 
Hoje, só por hoje, realizarei uma boa acção - ou algo que me custe - e não direi nada a ninguém. 
Hoje, só por hoje, farei o programa do meu dia: talvez não o siga exatamente, mas organizar-me-ei e evitarei a pressa e a indecisão. 
Hoje, só por hoje, acreditarei firmemente que a providência de Deus se ocupa de mim como se mais ninguém existisse no mundo. 
Hoje, só por hoje, não terei medo; de modo particular não terei medo de desfrutar do que é bonito e de acreditar na bondade. 
A cada dia bastam as suas preocupações".
By: Papa João XXIII


E para aqueles dias que acordamos... e nos sentimos zangados... para os dias de "lado lunar"... porque a vida são céus azuis e tambem muitos céus cinzentos... de alguém muito mais sabio que eu...

"Há dias em que nos sentimos zangados. Magoados.
Porque alguém nos magoou. Deixámos que assim fosse. 
Ou não deixámos mas magoaram-nos assim mesmo. Sem permissão. Sem pudor. Sem licença.
Há dias em que estamos zangados porque nos mentiram.
Contaram-nos uma história que era mentira, e acreditámos.
Há dias em que nos sentimos tristes porque não nos aceitaram. A nós e às nossas escolhas.
Porque não nos ouviram e simplesmente julgaram.
Porque não perceberam o que sentíamos. Sem esforço.
Juraram-nos mundos e fundos, e falharam. Conscientes dessa falha.
Há dias em que nos sentimos manipulados.
Deixaram que o ego falasse mais alto e machucaram-nos sem pensar. Ou a pensar demais.
Esqueceram que somos de carne e osso. Que temos coração. Que respiramos. Que sentimos. Que temos vida. Que somos vida.
Há dias em que nos sentimos esquecidos.
Há dias em que sentimos tudo isto. Ou revivemos. Ou lembramos. 
A vida é tudo o que acontece.
Mas também é tudo o que fazemos com o que nos acontece.
Não conseguimos antever tudo isto. Mas podemos sentir, reviver e largar tudo o que nos aconteceu. 
Largar o que passou. 
Largar o que nos fez mal. Ou quem nos fez mal.
Deitar fora o que não nos faz sentir bem. 
Porque a vida também é o resultado da reciclagem que vamos fazendo a tudo isto.
Reciclar é renovar. Reutilizar. Se aconteceu, tinha algum significado.
Depois de o encontrarmos, guardemos a experiência e sigamos em frente.
Há vida para além de tudo o que aconteceu.
Viver é tudo isto.
Sigamos no presente voltados para o futuro com o peito para fora, bravura no rosto e amor no coração.
By: Diana Gaspar Duarte



Todos os caminhos começam com levantar e dar o primeiro passo... coragem sempre na vida e força.... tens dentro de ti tudo o que precisas para comecar... o resto... virá.... CONFIA!




Aconteça o que aconteça a ultima decisão de como lidar com o que aconteceu é sempre e só tua. Sempre. Não deixes que os outros e as atitudes dos outros controlem o teu coração, a tua alma.... deixa fluir!


O paraíso... a felicidade .... não são um destino... são o caminho, são todos os momentos no caminho em que a caminhada é validada em que o que passou faz sentido ... é a paz que vai vindo da certeza de se estar a fazer caminho.



Quando o que tens na alma é o bem só receberás o mesmo bem... quem planta maças colhe maças, quem planta peras colhe peras... não te afastes do bem... do amor, da verdade, do bem ao proximo, afasta-te do teu ego ...e maravilhas acontecerão!!


Sabes amor... na minha vida já achei que se o destino fosse bonito com praia e piscina, e bons museos etc... a viagem correria bem e seria bom... mas aprendi que não... podes estar na praia mais linda do mundo, na cidade mais linda do mundo que se a tua alma está inquieta se a companhia não é boa (nomeadamente se tu não és uma boa companhia de ti proprio)... a viagem não é proveitosa... pacificando a alma .... todas as viagens são lindas mesmo que seja ali ao parque.


Amo-te infinitamente


Tua mãe

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

69 - Os cães ladram e a caravana passa

Amado filho
Os “cães ladram e a caravana passa” é um proverbio árabe muito usado ainda hoje e que simboliza ainda muito do nosso comportamento humano.
Observa a maravilha de contradição existente no meio da afirmação. O estacionário e o evolutivo. Sabe-se que seguir adiante é da constituição das caravanas (e das pessoas), tal qual ladrar é da constituição dos cães. Aliás, os cães apenas ladram para avisar a seus donos a aproximação de algo que não faz parte de seu habitat convencional, ou quando desejam fazer festa para algum conhecido. Também é da sua constituição manterem-se próximos aos locais onde vivem, como se fossem limitados por um círculo invisível. No primeiro caso, não importa que a caravana tenha boas notícias, nem remédios importantes, basta que não seja daquele local. No segundo, o latido é diferente, mas é latido. Mas se ambos agem de acordo com suas constituições o que há de excecional na expressão? Exatamente o sentido de um permanecer estacionado e do outro seguir semp…

527 - Uma carta de despedida de um filho a uma mãe

Meu muito amado filho Estêvão

Hoje partilho contigo uma carta de um filho que acabou de perder a sua mãe.


Hoje, perdi a mulher mais importante da minha vida. Ainda de manhã te dei um beijo. Foi o último correspondido. Agora já não vou voltar a chegar a casa e ver-te. Vai ser um vazio que nunca será preenchido, mas que fará parte de mim até ao fim dos meus dias.  Educaste-me de uma maneira que nunca pensei que fosse possível. Nunca me faltou nada e trabalhaste dia e noite para que assim fosse. Só posso dar graças a todos os sacrifícios que fizeste, a todas as birras que aturaste, a todos os meus caprichos que atendeste, a todo o carinho que tu me deste, sei que a minha vida inteira não chegará para te agradecer o suficiente, mas vou tentar. Vais-te orgulhar no homem em que me tornei, me estou a tornar e me irei tornar. Vou viver a minha vida sabendo que agora tenho mais um anjo a olhar por mim, mais uma estrela a guiar-me. Vou fazer a minha vida como a sonhei, vou viver os meus sonhos por…

719 - Hoje isto acaba

Meu muito amado filho Estêvão Há 7 (quase 8) anos quando nasceste decidi escrever te este blog e decidi que 1111 coisas seriam .... hoje termino esta minha demanda mas não com 1111 mas sim com 719. Hoje isto acaba. Depois de pensar e sentir estou certa que nada mais tenho para te ensinar. NADA. Não sei nada da vida e do mundo e em particular do universo. Não sei nada do "amor". Nada de nada só sei do amor que te tenho. Não sei nada sobre namorar, casar, partilhar, ser leve. Nada. Há muitos muitos muitos anos que não sou beijada que não fecho os olhos com a sensação maravilhosa de ser amado, há outros tantos não janto fora para namorar, não olho nos olhos de alguém (que não tu) e penso UAU! .... já apanhei tantas vezes os cacos do meu coração que já perdi um monte pelo caminho e agora estão todos os cacos no saco, não sou dada a tinders ou aplicações de encontros, sou gorda demais e feia demais para algum dos meus amigos ou amigas me ajudar a encontrar um namorado. Por isso amor q…