Pular para o conteúdo principal

230 - Gasolina, jornais e lamentações

Meu muito amado filho Estêvão

Se algum dia tiveres um problema de saúde em que te digam “não venha sozinho à consulta”… nunca vás sozinho.

Enche o depósito de gasolina sempre que estiver abaixo de um quarto.

Apoia os comerciantes locais mesmo que te custem um pouco mais.

Recorta os artigos de jornais que falam bem de pessoas que conheces e envia-lhos com as tuas felicitações.

Deixa todas as coisas em melhor estado do que aquele que as encontraste.

Lembra-te de que o sucesso repentino leva normalmente 15 anos a construir.

Muda os filtros do ar condicionado de três em três meses.

Perante uma tarefa difícil age sempre como se fosse impossível falhares. Se fores caças a Moby Dick leva contigo o molho tártaro.

Chega sempre ao trabalho mais cedo e fica para além da hora de saída.

Não te lamentes.

Não deixes as chaves do carro na ignição.

Recosta-te e olha as estrelas.

Tem cuidado com as pessoas que não têm nada a perder.

Jamais mintas ou enganes quem te ama quem te quer… a confiança jamais se recupera e jamais as coisas ficarão como antes. E tu é que perdes. Sempre.

Não jogues por hábito.

Não sejas resmungão.

Não regateies salários.

Não sejas má-língua.

Faz férias com a família seja a que preço for. Serão sempre as recordações com um valor maior de todos.

Mostra diariamente aos teus familiares, através das tuas palavras, dos teus carinhos e das tuas atenções quanto é grande o teu amor por eles.

Foge dos processos judiciais como o diabo foge da cruz.

Quando os teus filhos nascerem abre-lhe uma conta no banco e todos os meses põe lá algum dinheiro para eles. Mas em nenhuma circunstância mexas nesse dinheiro esse dinheiro é dos teus filhos nunca teu.

Com o mesmo tema… jamais concitas que outra pessoa mexa numa conta bancária dos teus filhos, use o seu cartão bancário, use o nome deles o que quer que seja…. Não importa quem seja. É crime e tens de te opor sempre a isso. Tu és o máximo responsável por eles.

Quando estiveres com pessoas que não conhecias antes, não queiras logo saber onde e em que trabalham. Aproveita bem a sua companhia e deixa de lado a mania de classificar as pessoas.

Nunca peças a advogados ou a contabilistas conselhos sobre os teus negócios. São profissionais especializados em encontrar problemas não em encontrar soluções.

Jamais atravesses as ruas fora das passagens de peões.

Mete gasolina na estação ao pé de tua casa, mesmo que o serviço seja um pouco mais caro. É que um dia que o teu carro não pegue ficarás contente por eles te conhecerem.

Não compliques o que é simples.

Sê sempre modesto. É que antes de tu nasceres já muito havia sido feito.

Respeita, ajuda, apoia e enaltece as pessoas adultas que estudam que se atualizam que trabalham e não baixam os braços que lutam como leões para uma vida melhor. Que têm três e quatro empregos para que nada falta aos filhos. Ajuda cada uma dessas pessoas como se fossem tua família, porque essas pessoas merecem tudo.
Quando as que não fazem isso… porque será? Seria a minha pergunta.

Amo-te muito




Tua mãe

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

69 - Os cães ladram e a caravana passa

Amado filho
Os “cães ladram e a caravana passa” é um proverbio árabe muito usado ainda hoje e que simboliza ainda muito do nosso comportamento humano.
Observa a maravilha de contradição existente no meio da afirmação. O estacionário e o evolutivo. Sabe-se que seguir adiante é da constituição das caravanas (e das pessoas), tal qual ladrar é da constituição dos cães. Aliás, os cães apenas ladram para avisar a seus donos a aproximação de algo que não faz parte de seu habitat convencional, ou quando desejam fazer festa para algum conhecido. Também é da sua constituição manterem-se próximos aos locais onde vivem, como se fossem limitados por um círculo invisível. No primeiro caso, não importa que a caravana tenha boas notícias, nem remédios importantes, basta que não seja daquele local. No segundo, o latido é diferente, mas é latido. Mas se ambos agem de acordo com suas constituições o que há de excecional na expressão? Exatamente o sentido de um permanecer estacionado e do outro seguir semp…

527 - Uma carta de despedida de um filho a uma mãe

Meu muito amado filho Estêvão

Hoje partilho contigo uma carta de um filho que acabou de perder a sua mãe.


Hoje, perdi a mulher mais importante da minha vida. Ainda de manhã te dei um beijo. Foi o último correspondido. Agora já não vou voltar a chegar a casa e ver-te. Vai ser um vazio que nunca será preenchido, mas que fará parte de mim até ao fim dos meus dias.  Educaste-me de uma maneira que nunca pensei que fosse possível. Nunca me faltou nada e trabalhaste dia e noite para que assim fosse. Só posso dar graças a todos os sacrifícios que fizeste, a todas as birras que aturaste, a todos os meus caprichos que atendeste, a todo o carinho que tu me deste, sei que a minha vida inteira não chegará para te agradecer o suficiente, mas vou tentar. Vais-te orgulhar no homem em que me tornei, me estou a tornar e me irei tornar. Vou viver a minha vida sabendo que agora tenho mais um anjo a olhar por mim, mais uma estrela a guiar-me. Vou fazer a minha vida como a sonhei, vou viver os meus sonhos por…

719 - Hoje isto acaba

Meu muito amado filho Estêvão Há 7 (quase 8) anos quando nasceste decidi escrever te este blog e decidi que 1111 coisas seriam .... hoje termino esta minha demanda mas não com 1111 mas sim com 719. Hoje isto acaba. Depois de pensar e sentir estou certa que nada mais tenho para te ensinar. NADA. Não sei nada da vida e do mundo e em particular do universo. Não sei nada do "amor". Nada de nada só sei do amor que te tenho. Não sei nada sobre namorar, casar, partilhar, ser leve. Nada. Há muitos muitos muitos anos que não sou beijada que não fecho os olhos com a sensação maravilhosa de ser amado, há outros tantos não janto fora para namorar, não olho nos olhos de alguém (que não tu) e penso UAU! .... já apanhei tantas vezes os cacos do meu coração que já perdi um monte pelo caminho e agora estão todos os cacos no saco, não sou dada a tinders ou aplicações de encontros, sou gorda demais e feia demais para algum dos meus amigos ou amigas me ajudar a encontrar um namorado. Por isso amor q…